Publicado em 21 de março de 2019 às 10:11

A Vigilância Sanitária Municipal de Araçatuba (VISAM) realizou uma ação envolvendo a equipe de fiscais sanitários com o propósito de coibir a comercialização dos produtos tóxicos Aldicarb e Monofluoracetato de Sódio (composto 1080), conhecidos por “chumbinho” e “mão branca”.

A ação foi iniciada no final de fevereiro e seguiu até a segunda quinzena de março. Foram realizadas vistorias em vários estabelecimentos comerciais, como casas de ração, petshops, agropecuárias, minimercados, mercearias e empresa de controle de pragas urbanas.

Ao todo foram vistoriados 58 estabelecimentos, gerando 17 autos de infração e interdição de 639 pacotes de “mão branca” com princípio ativo Bromadiolone, que não tinham registro no Ministério da Saúde e na ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária).

Os produtos apreendidos não tinham notas fiscais, o que, segundo a VISAM, dificulta o acesso e penalidade aos distribuidores do veneno (raticida). Não foi encontrada nenhuma quantidade do popular “chumbinho”.

Os estabelecimentos foram orientados, notificados e autuados em caso de irregularidades, quanto a proibição da comercialização do “chumbinho e mão branca”.

As equipes permanecerão fazendo orientação em suas vistorias de rotinas e atendendo às denúncias.

DENÚNCIA

A Vigilância Sanitária recomenda que sejam denunciados os locais que comercializam a venda destes produtos. A denúncia deve ser feita no Atende Fácil.