Publicado em 05 de fevereiro de 2019 às 11:02

Araçatuba dá mais um passo em seu desenvolvimento e acaba de tornar-se a nova casa dos cavalos de raça no Brasil.

Foi apresentado, na manhã de segunda-feira (4), o contrato assinado entre o Sindicato Rural da Alta Noroeste (Siran) e a Associação Brasileira de Criadores de cavalo da raça Quarto de Milha (ABQM), que trará a Araçatuba três eventos anuais da associação equestre, a se realizarem no Recinto de Exposições Clibas de Almeida Prado, pelo período de 10 anos.

O evento foi realizado na Casa do Nelore, dentro do Recinto de Exposições, reunindo representantes dos vários setores do agronegócio de Araçatuba e região, conduzido pelo presidente do Siran, Fábio Brancatto, e com participação do presidente do Conselho Administrativo da ABQM, Ricardo Pulzatto, e do prefeito de Araçatuba, Dilador Borges. Além dos citados, presenciaram o fato membros da diretoria do Siran, representantes de associações rurais, criadores, vereadores, secretários municipais e imprensa local e regional. O anúncio também contou com as presenças especiais de Presenças de Alfredo Ferreira Neves Filho, mais conhecido como Alfredinho do Siran, e José Macário Perez Pria, membro honorário da ABQM.

Investimentos

Além dos investimentos por parte do Siran, responsável pela administração, revitalização e manutenção da área, cujo presidente, Fabio Brancatto, prevê iniciais R$8 milhões e totais aproximados R$15 milhões, a ABQM anuncia custeio de aproximados R$ 3 milhões em infraestrutura para as competições equestres no recinto.

De acordo com Pulzatto, da ABQM, serão construídas três pistas cobertas de corrida de 6 mil m² cada, mais de 2.500 baias para acomodação dos animais, contando com o amplo espaço do recinto para acolher média de 400 caminhões e 400 trailers de competidores vindos de 20 estados.

“Hoje e um marco para Araçatuba. Uma mudança de atitude, foram 3 anos de namoro e hoje temos esse contrato oficial. Faremos um recinto para muitos eventos, tanto para o agronegócio como para outras modalidades, revitalizaremos o espaço como um todo. Para isso precisamos de investidores e a ABQM acreditou na cidade”, comemora Brancatto.

“Foram mais de 50 anos de luta e Araçatuba conquistou a concessão da área, pelo Governo do Estado de São Paulo, e agora existe a lei municipal que concede o recinto ao Siran por 20 anos, podendo ser renovado por 20 anos. Com essa segurança, os investidores podem vir a Araçatuba e apostarem em projetos para utilizar o recinto por longo tempo, como a ABQM, que realizara, por 10 anos, três eventos anuais, previstos para julho, outubro e abril, neste ciclo”, resgata o presidente do Siran.

 “Araçatuba é uma região de destaque no agronegócio e muito bem localizada nacionalmente, além de ter em seu raio de 600 km, mais de 90% dos competidores. ABQM tem 108 mil proprietários, 34 mil criadores, maior associação da America Latina. Em abril temos o congresso, com 19 modalidades de pista, o campeonato nacional em julho, maior na América Latina e segundo no mundo em quantidade de animais,  e o Potro do Futuro, em outubro. São em torno de 7 mil inscrições por evento, 2.500 cavalos, 800 veículos, para confraternizar, fazer negócios e viver a filosofia da família Quarto de Milha. Em 1985, participei de campeonato em Araçatuba. A batalha pra executar esse projeto, em 4 ou 5 meses, não é fácil. A associação tem um enorme prazer e acreditamos muito nessa parceria de sucesso”, projeta Pulzatto.

Segundo Arnaldo Vieira Filho, assessor executivo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Agroindustrialtoda a área será beneficiada pelo Siran, sem custo algum para a Prefeitura. “Estamos fazendo o máster plan, um planejamento par ao recinto inteiro, como um todo, como um patrimônio do município que o Siran administra. O Siran vai atrás de recursos de novos parceiros, pois são necessárias adequações de entradas, muros, segurança, estrutura básica como água, luz, acesso, etc. Com essa concessão que o SIran obteve, teremos 20 anos de segurança e, com isso,  vai conseguir viabilizar com recursos próprios e através de parceiros, construindo por etapas, transformando num parque com excelente utilização para a região toda”.

O prefeito Dilador Borges vê o momento como a transformação de Araçatuba em vitrine do desenvolvimento na região. “Tudo que se agrega ao município é positivo. Gastronomia, hotelaria, comercio, shoppings, em dez dias de evento, mão-de-obra local e renda para o município. Além da grandeza dos eventos, muitos empresários são simpatizantes e amantes dos animais, bem estruturados, que vem a nossa região e podem se encantar, porque temos uma infraestrutura muito grande; somos ricos em água, rodovias sendo duplicadas, aeroporto internacional, ferrovia, gasoduto, muitas coisas atraentes para quem gosta de investir e ganhar dinheiro. Nossa região é de oportunidades, estamos preparando Araçatuba para isso, melhorando nossa mobilidade, abrindo avenidas, melhorando a pavimentação asfáltica e acessibilidade, para chamar atenção e fazer de Araçatuba referência de novo”.

Bem-estar animal

Pulzatto reforça a garantia de segurança e conforto aos animais que a associação oferece. “Acomodação no futuro será com baias fixas, mas por ora são pré-montadas, com cobertura e com conforto para o animal. A preocupação da ABQM com cavalos, bois, meio ambiente, sustentabilidade no agronegócio, é nossa marca. Temos três veterinários, zootecnista para alimentação e acomodação, departamento do bem-estar animal; durante o evento temos três juízes de bem estar  que andam pelos eventos para analisar a maneira de treinamento. Se houver abuso eles avisam e se houver reincidência, já há penalização”, detalha.

Brancatto, do Siran, aponta os passos dados em Araçatuba.”Já foi votada a lei municipal do bem-estar animal em Araçatuba, e fechamos convênio com a (faculdade) Unesp de Medicina Veterinária, para todos os eventos e novas caminhadas, e eles querem muito participar, além do fato de a UNESP tem um peso muito grande dentro da nossa região”.

A presidente da Câmara Municipal de Araçatuba, Tieza Lemos Marques, também comemora. “Poucos municípios têm o privilegio de ter uma área como essa, bem no centro da cidade. Além de todo o impacto positivo na economia da cidade, a área é do município e ele ganha muito com esse espaço, além de não ter despesa nenhuma com a manutenção, não afetará o orçamento municipal. Araçatuba tem a oportunidade de ser, novamente, destaque nacional.