Publicado em 12 de abril de 2017 às 11:04

A Prefeitura de Araçatuba recebeu, nesta quarta-feira (25), representantes da Geourbano, empresa especializada no desenvolvimento de serviços de geoprocessamento. A reunião foi proposta com a finalidade de apresentação de projetos do ramo para o prefeito Dilador Borges e secretários municipais.

A iniciativa busca cumprir as diretrizes estabelecidas pela portaria 511/2009, do Ministério das Cidades, que estipula normas de criação e atualização do Cadastro Territorial Multifinalitário (CTM) nos municípios brasileiros.

A tecnologia de geoprocessamento utiliza programas de computador para mapear e coletar informações aéreas de um território amplo ou uma área específica, para controle de dados dos mais diversos segmentos.

De acordo com o diretor da empresa, Luciano Guimarães, o geoprocessamento aplicado a instituições públicas, como prefeituras, pode auxiliar no gerenciamento de fiscalização. “Nesse sistema, fica disponível ao gestor público dados de cada área do município, com base nas especificidades de cada secretaria”, explica.

No encontro, foram exemplificados dados obtidos a partir do geoprocessamento nas áreas da saúde, educação, infraestrutura, controle de logradouros. A Geourbano tem apresentado os sistemas a diversos municípios para oferecer seus serviços.