Publicado em 13 de novembro de 2017 às 12:03

Em razão da tratativa firmada entre o prefeito Dilador Borges e o secretário estadual de Assistência e Desenvolvimento Social, Floriano Pesaro, a secretária municipal de Assistência Social, Maria Cristina Domingues, esteve, nesta sexta-feira (10), na Secretaria de Desenvolvimento Social do Estado de São Paulo para conversar sobre a implantação do programa Bom Prato em Araçatuba.

A secretária aproveitou para levar até a analista do Bom Prato e Convênios, Themis A. F. Kleiber, documentos que demonstram a capacidade da cidade de receber esse importante programa de segurança alimentar.
Segundo Domingues, se implantado, o Bom Prato garantirá uma oferta de alimentação balanceada e de qualidade, com capacidade de servir até 300 cafés da manhã por dia e 1.200 almoços.

“O público-alvo é caracterizado por população de baixa renda, idosos, pessoas em situação de vulnerabilidade social e moradores de rua. Não será preciso cadastro, basta pagar R$0,50 pelo café da manhã ou R$1,00 pelo almoço”, explicou.