Publicado em 26 de dezembro de 2017 às 14:52

Relatório da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos à Prefeitura de Araçatuba informou grande economia da pasta em comparativo de gastos com o ano de 2016.

As tabelas versam sobre gastos com combustíveis, locações, aquisições e recuperações de maquinário, carros, caminhões e equipamentos.

O número mais expressivo foi a redução de R$1,6 millhão (um milhão e seiscentos mil reais) com aluguel de máquinas e caminhões, que no ano passado foi de R$1,86 milhão e caiu para R$260 mil em 2017.

Constantino Vourlis, secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, justifica que a redução de gastos com aluguel vem da boa gestão de recursos e cuidado com a própria frota do município. “Recuperamos nossas maquinas e veículos que, mesmo não sendo novos, estão servindo muito bem às necessidades de atender nossa população com manutenção da infraestrutura municipal”.

Foram totais 81 ativações entre frota e equipamentos próprios, sendo 69 consertos e 12 aquisições: Foram reparados 19 caminhões, 22 carros, 16 máquinas e 12 equipamentos; foram comprados três caminhões, três máquinas e seis equipamentos.

Já o comparativo de consumo de combustíveis detalhou as diferenças em litros entre os três tipos com o ano anterior. Foram 190.832,5 l de gasolina em 2016 e 157.508,5 l em 2017, sendo 33.324 l a menos; de óleo diesel, 413.318,90 l em 2016 contra 383.532,2 l em 2017, economizando 29.786,7 l do combustível; de etanol, combustível considerado mais econômico, houve pequeno aumento de 92.766 l em 2016 para 94.420,6 l em 2017, superando em apenas 1.654,6 l neste ano.

O prefeito Dilador Borges relaciona tais resultados aos compromissos anunciado no início do ano.
“Entramos com o objetivo de regularizar as contas, a permitir condições para que a economia seja favorável a um ano seguinte melhor. Concentramos nosso trabalho na sigla CCT – Competência com Capacidade Técnica, o que resultou em grande recuperação não só da economia, dos cofres públicos, mas também da confiança dos nosso profissionais e da população, que percebem que somos capazes de fazer mais com menos”, relembra o chefe do Executivo Municipal araçatubense.