Publicado em 01 de novembro de 2018 às 17:12

Araçatuba foi contemplada durante evento comemorativo dos 35 anos do Programa Estadual de DST/AIDS de São Paulo, ocorrido nos dias 29 e 30 de outubro, no Centro de Convenções Rebouças, em São Paulo.

O Prêmio Luiza Matida é um reconhecimento ao trabalho executado pelos profissionais da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) durante os anos de 2014, 2015 e 2016. O programa consiste em as equipes desenvolverem ações para evitar que o vírus HIV seja transmitido de mãe para filho durante a gestação, parto e amamentação.

Foram avaliados todos os 645 municípios do estado de São Paulo, sendo apenas 20 municípios que receberam o prêmio. “Desde 2001, o Ambulatório DST/HIV/AIDS de Araçatuba tem trabalhado em parceria com a Atenção Básica e hospitais para que a infecção por HIV transmitida de modo vertical (de mãe para filho, seja gestação, parto e amamentação) seja reduzida, considerando que a infecção da criança é 98% passível de prevenção”, afirma o diretor do Departamento de Assistência Especializada, Paulo Ernesto Geraldo.

O trabalho inclui ações de prevenção, diagnóstico realizado precocemente, tratamento profilático e terapêutico, além de monitoramento das crianças expostas ao vírus HIV por 2 anos. Araçatuba foi representada no evento por Sandra Margareth Exaltação, responsável pelo programa DST/HIV/AIDS no município.