Publicado em 11 de junho de 2018 às 11:06

A Prefeitura de Araçatuba, através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) realizou, nesta sexta-feira (08), a concretagem do 100º sarjetão construído desde o início desta administração. O serviço aconteceu no encontro das ruas Paulino Gato e Nair de Lourdes Secolo, localizado no bairro São José.

A obra que estava anunciada para o final de maio foi adiada em função da alteração do atendimento dos órgãos públicos na última semana, quando o prefeito Dilador Borges decretou ponto facultativo junto ao feriado de corpus Christi. O prefeito visitou o local, acompanhado do secretário municipal de Obras e Serviços Públicos, Constantino Vourlis, ?o vereador Almir Fernandes Lima, ?servidores municipais e moradores do bairro e imediações.

A SMOSP tem registrados 37 sarjetões concluídos em 2017, executados em 18 bairros, e mais 61 sarjetões em 2018, que atenderam a 35 bairros. No total, foram investidos R$150 mil em materiais até o momento. Para a construção de um sarjetão são utilizados concreto usinado, telas soldadas, brita (espécie de pedra para cobrimento de fundo), além de equipamentos como retroescavadeira e mão de obra, todos de responsabilidade da SMOSP.

Os pedidos para a realização dos sarjetões são feitos a partir de solicitações protocoladas no Atende Fácil, indicações do poder legislativo e observação de equipes da SMOSP. Após a construção do sarjetão, a rua fica interditada por uma semana para a secagem do concreto.

Segundo o secretário responsável pela SMOSP, Constantino Alexandre Vourlis, o que é previsto pela pasta é a construção de 10 sarjetões por mês, entretanto, essa marca foi superada devido à mudança no método de serviço. “Ao invés de concretar sarjetões em regiões distintas, fazemos vários em uma única uma região, o que gera números expressivos em um pequeno intervalo de tempo”, explicou.

Vourlis ainda destaca que a construção de sarjetões gerou melhorias em locais muito críticos, como por exemplo, os encontros da Rua do Fico com a rua Antônio Gomes do Amaral e das ruas Afonso Pena e General Osório. “Até o final do ano, pretendemos concretar mais 100 sarjetões no município. Essa quantidade equivale a quase metade do que queremos construir até o final da administração, que é 250”, completou.