Publicado em 24 de outubro de 2018 às 09:02

O Projeto Todos Pelo Nº 1, do Instituto do Tenis para escolas municipais, que acontece ainda em apenas oito cidades do Brasil, tem Araçatuba como uma de suas sedes. Representantes da Secretaria Municipal de Educação e da academia Tennis Pro Araçatuba, selecionados pelo Instituto do Tenis (IT), apresentaram detalhes ao prefeito Dilador Borges de como Araçatuba fará parte e será beneficiada pelo projeto que visa atingir o país inteiro.

Serão seis escolas da rede municipal de ensino, selecionadas pelo Instituto do Tenis, a receberem profissionais da academia Tennis Pro Araçatuba, que ensinarão o esporte para as crianças e capacitarão professores de educação física. Segundo Tiago Venturolli Perri, proprietário da Tennis Pro Araçatuba, o objetivo do IT é de promover e difundir o esporte entre crianças e jovens, de forma gratuita, em projeto totalmente custeado pelo Instituto, que escolhe as academias particulares e escolas públicas participantes nas cidades em que atua.

Silvana de Sousa e Souza, secretária municipal de Educação de Araçatuba, esclarece que toda a seleção das escolas foi feita pelo instituto, não havendo gestão ou interferência local, mas tudo aconteceu por critérios do IT. Foram selecionadas as Emebs Ana dos santos barros, Antonio Rodrigues Neto, Carmélia Melo Fonseca, Darci Fontanele, Leão Nogueira Filho e Índio Poti. A academia Tennis Pro será o pólo ao qual as seis escolas estarão ligadas.

Silvana e Tiago informam que o projeto terá início em 2019, mas que os preparativos já começam em novembro deste ano.

“Dia 9 de novembro faremos reunião inicial com os professores e nos dias 12, 13 e 14 e 21, 22 e 23 apresentaremos às escolas. Faremos esse primeiro contato para que eles sejam os incentivadores das crianças e dos pais, depois levamos para as crianças dentro da escola, elas se inscrevem, os pais tem que assinar e o projeto começa”, introduz a secretária

“Usaremos as quadras esportivas, pois temos rede móvel, raquetes de tamanho adaptado para crianças, todo o material é fornecido pelo instituto. O material para ensinar tênis mudou bastante e isso reduziu as taxas de desistência. Os primeiros alunos a entrarem no projeto serão por ordem de inscrição, nas escolas, com número limitado de vagas e lista de espera, sendo a primeira fase com crianças de 7 a 10 anos, pretendendo atingir entre 400 e 500 crianças. Haverá avaliações qualitativas e quantitativas, de freqüência, de interesse, tem controle bem sério”, acrescenta Tiago Perri.

O Projeto

O Instituto do Tenis, fundado por Jorge Paulo Lemann, há cerca de seis anos começou a fazer o projeto para massificar o esporte entre as crianças e jovens, inspirado na figura do tenista brasileiro Gustavo Kuerten, o Guga, com o objetivo de formar o numero 1 do tênis no Brasil.

O projeto Todos Pelo Nº 1 consiste em captar recursos via Lei de Incentivo ao Esporte (Lei nº 11.438/06), e destinar à formação de professores da rede publica, capacitando-os a ensinar o tênis nas escolas, nos períodos de contraturno, duas vezes por semana, com aulas de 1 hora.

Tiago Perri diz que o período coincidiu com a época da abertura da academia Tennis Pro. “Sempre tivemos equipe de alto rendimento, de competição, mas de forma 100% privada, bancado pelos pais ou pelo instituto. Ele (Lemann) já mudou um pouco sua ideia e um dos objetivos é de, nos próximos 15 anos, inspirados no Guga Kuerten, formar o Nº 1 não só no esporte, mas o nº 1 da vida, pois o esporte melhora o desempenho da criança, o rendimento é mais satisfatório e tira ela da rua”, ilustra o proprietário da academia.

Perri destaca que, com o tempo e sucesso do projeto, e dependendo da captação de recursos, o objetivo se amplia a, como em pirâmide, abrir mais pólos e atingir mais escolas, além de prever uma progressão técnica e profissional aos aprendizes. “As crianças que são destaque, que tem mais aptidão para o esporte, passam em uma espécie de peneira e com os melhores a gente continua em um treinamento mais intensivo, dentro da academia. Se depois deste intensivo as crianças evoluírem mais, outra peneira os levará, com seu 16, 17 anos, a treinar em alto rendimento no centro em São Paulo, sede do Instituto, que custeia todo o projeto”, detalha.

O Prefeito Dilador Borges agradeceu ao empresário o que chamou de oportunidade que instituto e a academia estão dando ao município. “A exemplo de sua família, que teve professores e políticos que engrandeceram a história desta cidade (Tiago é neto dos ex-prefeitos Sylvio José Venturolli e Germínia Dolce Venturolli), tentamos honrar a receptividade do povo araçatubense, trabalhando para deixar um futuro melhor à cidade. Parabéns por engajar sua juventude em construir o futuro e formando jovens cidadãos. Ao instituto, nossa gratidão e colocamo-nos à disposição”, finaliza.