Publicado em 11 de outubro de 2022 às 15:49

Mais de 200 profissionais de saúde de Araçatuba e região estão participando de uma capacitação sobre o sistema Salus 2.0, um projeto de monitoramento inteligente de agravos na Atenção Básica e Vigilância Epidemiológica.

O treinamento ocorre no UniSalesiano Araçatuba, teve início na segunda-feira (10) e segue até esta terça-feira (11) e é promovido pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde – HUOL/UFRN.

A plataforma Salus 2.0 surgiu com a necessidade de realizar a gestão de casos no contexto da sífilis e integra ações do projeto “Sífilis Não”, com atenção redobrada para casos de sífilis congênita. A equipe do projeto está sendo gerenciada no município pelo pesquisador do LAIS/UFRN, Fernando Lucas de Oliveira.

Participam da capacitação profissionais da rede pública de Araçatuba, Birigui, Sud Mennucci e Clementina. A ação tem apoio da Prefeitura de Araçatuba por meio da Secretaria Municipal de Saúde.

Os alunos têm a primeira parte do treinamento composta por uma apresentação da plataforma do sistema, seguida da etapa prática com a inserção de dados em uma base de treinamento simulando casos.