Publicado em 22 de junho de 2017 às 08:51

Teve início, nesta segunda-feira (15), a Semana de Combate à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, que é uma ação realizada pela Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). A abertura da programação ocorreu no teatro da Unip e contou com a presença de diversas autoridades.

As atividades foram iniciadas com palestra do psicólogo José Carlos Bimbatte Júnior, membro da equipe da Associação de Pesquisadores Sobre a Criança e o Adolescente (NECA). Sua fala foi voltada ao público de profissionais da saúde, educação, assistência social e universitários.

O prefeito Dilador Borges afirmou que o poder público é um instrumento de promoção de direitos e luta contra os traumas que atingem crianças e adolescentes em situação de risco moral, físico e psicológico. “Sabemos que a violência está em todo lugar. É de responsabilidade do poder público e também da sociedade civil combater as mais diversas formas de exploração contra crianças e adolescentes e divulgar os meios de denúncia que temos”, disse ele.

Na oportunidade, as crianças da Associação Beneficente Batista João Arlindo cantaram e tocaram uma música, nomeada “O meu corpo é um tesourinho”, que incentiva crianças e adolescentes que vierem a sofrer exploração ou violência a denunciar esses casos através de seus pais ou familiares.

NÚMEROS

O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas) é um programa específico da Proteção Social Especial de Média Complexidade, que possui um papel significativo na Política Nacional de Assistência Social, e oferta atendimento às famílias e indivíduos em situações de risco e de violação de direitos.

Em 2016 foram registrados 142 casos de crianças e adolescentes que iniciaram acompanhamento no Creas, sendo 74 do sexo feminino e 68 do sexo masculino. A maior parte dos casos ocorreu em crianças com idades entre 6 e 12 anos. Nessa faixa etária, foram registrados 81 casos.

A Semana de Combate à Violência e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes tem apoio das Secretarias de Meio Ambiente e Sustentabilidade e da Secretaria Municipal de Cultura, além do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário.

A abertura do evento contou com a presença do prefeito Dilador Borges, da vice-prefeita Edna Flor, do defensor público Ângelo de Camargo Dalben e de secretários municipais.

PROGRAMAÇÃO

15/05 a 19/05

Divulgações sonoras através de um carro de som e distribuições de folhetos informativos.

 

16/05 – terça-feira

09h – Capacitação “Metodologia de trabalho para o atendimento e prevenção de violência e exploração sexual de crianças e adolescentes”.

Capacitador: José Carlos Bimbatte Júnior, psicólogo e membro da equipe da Associação dos Pesquisadores de Núcleos de Estudos e Pesquisas sobre a Criança e o Adolescente (NECA)

Local: CREAS

Público alvo: Profissionais do projeto “Olhar em rede”.

 

16/05 a 25/05 – (exceto finais de semana)

08h e 14h – Apresentações Culturais

Local: UNIP

Público Alvo: alunos das escolas municipais

 

18/05 – quinta-feira

07h – Panfletagem

Local: Semáforo – Rua Duque de Caxias x Araçás

Público alvo: população

 

19/05 – sexta-feira

09h – Plantio de árvores

Local: Country Club

Público Alvo: Profissionais da rede e população do território

 

20/05 – sábado

20h – Panfletagem

Local: Araçatuba Shopping

Público Alvo: População