Publicado em 15 de maio de 2018 às 10:00

O prefeito Dilador Borges e o secretário de Obras e Serviços Públicos, Constantino Vourlis, estiveram, nesta segunda-feira (14), acompanhando o início das obras de execução de travessia em córrego através de galerias celulares na chamada “Ponte da Água Limpa”.

A empresa que está realizando a Obra é a Copel Construções, Indústria e Comércio Ltda e o investimento será de R$ 288.082,45.

A pista rompeu-se no dia 9 de janeiro e 128 dias depois é iniciado o serviço de recuperação. Segundo o prefeito, a obra contou com grande empenho da administração e dos órgãos responsáveis pelo setor ambiental. “Por tratar-se uma Área de Preservação Permanente (APP), a obra não poderia ser iniciada antes de ser concedido licenciamento ambiental pela Cetesb ou outorga do DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica). Além do processo de licitação, fizemos uma força tarefa e hoje estamos iniciando a obra”, explicou.

O trecho recuperado passará a ter uma galeria celular de 4m por 4m e não mais as três de 1,5m por 2m, como anteriormente. A substituição da tubulação no local afetado fornecerá uma vazão de 16m², aumentada em mais de 70%.

A empresa terá 60 dias para concluir a

?o?bra, mas a expectativa do secretário de Obras é que já possa liberar parte do trânsito para os moradores em menos tempo. “Ali tem grande fluxo de produtores rurais, que precisam escoar suas produções. Estamos com tempo firme e acredito que a obra não passará por contratempos. Espero poder liberar para os moradores em 40 dias”, diz Constantino.