Publicado em 19 de junho de 2018 às 18:50

A Prefeitura de Araçatuba inaugurou, nesta terça-feira (19), o Ceaps (Centro Especializado em Atenção Psicossocial), vinculado ao Departamento de Atenção Especializada da Secretaria Municipal de Saúde (SMSA).

Mantido exclusivamente com recursos municipais, o Ceaps foi criado a partir da publicação da portaria nº 3.588 de 21 dezembro de 2017, do Ministério da Saúde, que estabelece a criação de “Equipe Multiprofissional de Atenção Especializada em Saúde Mental em Unidades Ambulatoriais Especializadas”. Com isso, o município de Araçatuba usa de sua equipe que estruturava o Ambulatório Regional de Saúde Mental para implantar o Centro Especializado de Atenção Psicossocial, que tem a missão de se integrar aos demais equipamentos da RAPS – Rede de Atenção Psicossocial.

A secretária municipal de Saúde, Carmem Sílvia Guariente, descreveu a transição do serviço. “Este é um projeto inovador de mudança da atenção psicossocial de saúde, buscando atender melhor as pessoas e aos profissionais. Para isso fizemos um intenso trabalho de “gestação”. Reorganizamos junto à secretaria de Educação o trabalho do Caica, que estava nesse prédio, e todo o manejo para deixarmos de ter um ambulatório de saúde mental centralizado e passarmos a ter um centro especializado organizado com todos os outros serviços que temos disponíveis. Queremos que os pacientes que aqui venham se sintam bem acolhidos e tenham a certeza de que o Ceaps é um local especial”.

Em funcionamento no município desde 14 de maio, o Ceaps atende pessoas de todas as idades, mas os serviços são voltados preferencialmente a adultos. Essa especificação se deve à amplificação da rede psicossocial, já disponível no município para crianças, como o Caps i. Para ser atendido no Ceaps, o paciente passará por acolhimento, entrevista, consulta e deverá participar de atividades oferecidas no Centro.

“O Ambulatório Regional de Saúde Mental, até 2016, então a única unidade ao atendimento de referência aos usuários, vivenciou a mudança desses paradigmas e foi providenciada sua transformação com olhar mais crítico, pensante e humanizado. O fechamento de hospitais psiquiátricos consiste na desconstrução de práticas manicomiais e construção de novos saberes, capazes de privilegiar a subjetividade, promovendo a autonomia do indivíduo e livre exercício de sua cidadania”, explicou Alessandra Pedroso Mendes, chefe da divisão de Saúde Mental do município.

O Ceaps está localizado na rua Dona Ida, 1636, no bairro Santana. Funciona de segunda a sexta-feira, das 6h30 às 18h, com atendimento dos seguintes profissionais: médico psiquatra, clínico geral, psicólogos, assistente social, terapeuta ocupacional, enfermeira e técnico de enfermagem.

Pronunciaram-se o prefeito Dilador Borges; vice-prefeita Edna Flor; secretária municipal de Saúde, Carmem Sílvia Guariente; diretor do Departamento de Atenção Especializada, Paulo Ernesto Geraldo; vice-presidente do Conselho Municipal de Saúde, Walter Francisco Barros; presidente da Câmara Municipal de Araçatuba, Rivael Papinha, e os vereadores Lucas Zanatta e Jaime José da Silva.