Publicado em 06 de abril de 2018 às 09:12

Na noite de quarta-feira (4), a Prefeitura de Araçatuba restabeleceu a iluminação de mais uma parte da avenida do Araçás e rua Rangel Pestana, desta vez no trecho entre o supermercado Casa Diniz e a rotatória com a avenida Waldir Felizola de Moraes.

Segundo Dimas Bortolotti, assessor executivo da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SMOSP) de Araçatuba, o material utilizado serviu à reposição e restauração de 380 metros da iluminação pública, que sofreu avarias e foi alvo de furtos e vandalismo. Foram utilizados 380 metros de cabo multiplexado 4x16mm de alumínio, que o assessor informa ser muito mais barato e ter a mesma condutibilidade do cobre, mas que não tem atratividade comercial do material anterior, que era o principal motivo dos furtos, além de 200 mangueiras de 2’’ (duas polegadas), 33 lâmpadas de vapor de sódio de 250 Watts com reatores, onze disjuntores tripolares de 32 A (amperes) e duas chaves contactoras 3TF-42 A.

Constantino Vourlis, secretario municipal da SMOSP, resume a problemática da iluminação pública da via e como a prefeitura vem administrando para garantir as melhorias. “A iluminação das avenidas Araçás com (ruas) Rangel Pestana e Fundadores e Waldir Felizola é complicada por não ser padronizada e, como relatam servidores antigos da SMOSP, não recebe manutenção adequada há mais de quatro anos. Há locais com postes mais baixos, que nos obriga a trabalhar com equipamentos diferentes, um da SMOSP ou outro que demanda ata de uso; há lugares com lâmpadas e reatores de potências diferentes, entramos em ata para compras, mas os materiais apresentaram problemas e estão sendo recolhidos e aguardamos essa reposição para seguir com a manutenção, o que nos levou a trabalhar trecho a trecho e provoca compras diversificadas, razão pela qual há estudo na secretaria de Planejamento (SMPUH) para padronização, visando menor complexidade de compras e manutenção; houve um período em que recebemos apoio de grandes comerciantes, que forneceram lâmpadas e reatores, e recuperamos a extremidade da avenida próxima à Rotatória Tosca de Castro Kohl e a região próxima ao centro cultural ferroviário e antiga estação ferroviária; Em outro momento, tivemos que reformar nosso caminhão, que quase ‘esfarelou’’ descreve Vourlis.

“Estamos fazendo um esforço muito grande para restabelecer esses pontos escuros de Araçatuba. Infelizmente ainda lidamos com outros agravantes, como temos perto do shopping, em praças e outros locais, em que ocorre furto e estamos lacrando caixas com concreto para evitar vandalismo. Trabalhando trecho a trecho, conseguimos uma luminosidade adequada, para que as pessoas se sintam um pouco mais seguras”, completa o secretário.

Próximos passos

Ainda segundo a SMOSP, o trabalho de recuperação da iluminação segue pela avenida Waldir Felizola, partindo da rotatória mencionada em direção à rua Afonso Pena. O trecho da Waldir Felizola entre as ruas Tabajaras e Afonso Pena está encaminhado para iniciar processo de licitação em 11 de abril.