Publicado em 04 de junho de 2020 às 10:07

A Prefeitura de Araçatuba foi notificada, na quarta-feira (3), pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, para intensificar a fiscalização do funcionamento das academias, estúdios de atividades físicas e de dança.

Algumas academias que haviam conseguido liminar para funcionar durante a quarentena foram proibidas pelo Tribunal de Justiça (TJ-SP) de retomar as atividades. Esses estabelecimentos também serão fiscalizados para que tenham seu funcionamento suspenso.

De acordo com a resolução SS-75, da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo, “durante as atividades físicas, a tolerância individual por máscara é limitada, além de reduzir sua propriedade protetora por saturação. Além disso, na atual estação do ano, outono, e nos meses vindouros de inverno, há tendência em serem mantidos fechados os ambientes, com consequente diminuição da ventilação e troca do ar”.

O documento exige o prazo de 48 horas para que a administração municipal adote as providências legais, inclusive o fechamento do estabelecimento, se necessário.