Publicado em 26 de agosto de 2021 às 12:17

A Prefeitura de Araçatuba criou novos bolsões para motocicletas e motonetas, bem como ampliou outros existentes, principalmente na área central de Araçatuba. No total foram criadas 134 novas vagas de estacionamento.
De acordo com a Secretaria de Mobilidade Urbana, a medida foi tomada porque desde o início da pandemia foi observado que aumentou significativamente o número de motos no trânsito da cidade.

Outro relevante fator, segundo pasta, foi a necessidade de melhorar a visibilidade em determinados cruzamentos que possuíam registro de sinistros de trânsito.

O secretário Marcelo Pereira dos Reis, ainda enfatiza o fato de que estudos técnicos indicaram que muitos acidentes, em áreas de cruzamentos, tinham como “um dos fatores motivadores” justamente a falta de visibilidade em razão de veículos de quatro rodas estacionados nestes locais.

“Assim, ao invés de simplesmente estender a proibição de estacionamento, além dos cinco metros que o Código de Trânsito Brasileiro prevê, optou-se por implantar bolsões para motocicletas, já que estas possuem tamanho reduzido e não interferem na visibilidade”, explica ele.

INTERVENÇÕES

Um exemplo do trabalho realizado está no cruzamento das ruas Bandeirantes e Afonso Pena, local em que foram registradas diversas colisões transversais. Havia inclusive pedidos para instalação de lombada e/ou semáforo.
Contudo, após estudos técnicos no local, se verificou que um importante fator que contribuía para que os acidentes ocorressem era justamente a falta de visibilidade.

Após a instalação do bolsão para motocicletas, o que garantiu ampla visibilidade no cruzamento, não houve registro de novos acidentes.
“A Prefeitura continuará realizando os estudos técnicos para a implantação de novos bolsões para motocicletas e motonetas, seja em locais estratégicos visando atender a demanda para estacionamento, seja para a melhoria da visibilidade em cruzamentos importantes, tudo visando uma melhor ordenação do trânsito e a preservação da vida e da integridade física das pessoas, no sistema viário de Araçatuba”, destaca o secretário.