Publicado em 19 de dezembro de 2017 às 08:50

A Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação (SMPUH) da Prefeitura de Araçatuba apresenta um breve relatório de emissão de 28 AVCBs como um retrato positivo do trabalho da pasta em 2017. Do total de documentos, 17 referem-se exclusivamente a melhorias em edificações e transporte do ensino público municipal.

O AVCB é a sigla utilizada no Estado de São Paulo que significa Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros e trata-se de uma certidão que atesta que edificações, no momento da vistoria, estão com os equipamentos, medidas e instalações de combate a incêndio em ordem para o exercício das atividades a que se prestam.

Ernesto Tadeu Consoni, secretário municipal da SMPUH, explica que o documento é apenas o último indicador de um sucesso de vários procedimentos necessários. “São semanas, meses, de visitas, fiscalizações, identificação de problemas e adequações necessárias, reparos, trocas ou instalação de equipamentos e infraestrutura, novas vistorias e, em muitos casos, recuperação total de estruturas que ficaram paradas e sofreram desgastes de ações do tempo”.

Foram expedidas licenças para equipamentos públicos pertencentes às secretarias de Cultura, Educação, Esporte, Turismo e de Saúde, bem como para eventos temporários, estes últimos que também significam atratividade, entretenimento e sensação de valorização da cidade para a população.

Colocando a casa em ordem

Obras de renovação e recuperação em tempo recorde promoveram as condições favoráveis para os seguintes espaços públicos: o Complexo Esportivo Municipal, que inclui o estádio Dr. Adhemar de Barros, o ginásio Dr. Plácido Rocha, o Vavá (Alvaro Rocha Giordano) e a piscina; A sede da Secretaria Municipal de Cultura e do Teatro Castro Alves; a prainha municipal, no km 58 da rodovia Eliezer Montenegro Magalhães; o Pronto Socorro Municipal Aida Vanzo Dolce, no bairro Santana, e as UBS Atlántico e Pedro Perri;

Sob a secretaria de Educação, foram emitidas nove licenças às Emebs Deodato Isique, Elza Zonetti, Fausto Perri, Leda Aparecida Lima Martins, Luis Aparecido Bertolucci, Maria Helena de Freitas Carli, Mariazinha S. de Oliveira Miloch, Sergio Esgalha e ao pátio dedicado aos veículos do transporte escolar e da Mobilidade Urbana municipal.

Outros oito AVCBs já protocolizados ao Corpo de Bombeiros e a serem emitidos ainda este mês licenciam as Emebs Alice Couto de Morais, Claudio Evangelista, Henny Ferraz Homem, Ibis Pereira Paiva, Lucilene do Nascimento, Maria Aparecida Piemntel Ferraz, Suzana Echelon Ortiz e o CEMFICA TV.

Eventos e segurança

Consoni lista também os eventos que demandaram licenças temporárias como importantes para a movimentação da cidade, que por seus portes também projetam o nome de Araçatuba em toda a região, como o Festival de Comida de Boteco “Buteco Legal”, na praça João Pessoa; o Show de Aniversário da Cidade, no ginásio Dr. Plácido Rocha; a Virada À Moda Paulista, na avenida da Expô, Dr. Alcides Fagundes Chagas; a Violada Caipira, na praça Rui Barbosa; e ao espaço arrendado, pelo Fundo Social de Solidariedade, às tendas instaladas em frente ao recinto Clibas de Almeida Prado, durante a Expô Araçatuba 2017.

Sobre este último item, o secretário destaca o comentário positivo recebido do comando da Polícia Militar do Estado de São Paulo. “Foram realizadas reuniões com três meses de antecedência com a PM e o Corpo de Bombeiros e fomos elogiados pela segurança que garantimos neste ano. Em anos anteriores houve até caso de morte, mas este foi o melhor ano, sem nenhuma ocorrência, no que toca à segurança externa da Expo”, celebra Consoni.