Publicado em 11 de janeiro de 2019 às 17:25

Nesta sexta-feira (11), começa a funcionar o ecoponto do bairro São José, para encerrar a operação do até então utilizado local de descarte no Carazza.

Segundo Lucas Proto, assessor executivo da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, as operações do Carazza estão sendo transferidas para a unidade do bairro São José, no cruzamento da rua Rafael Manarelli com a rua Deodato Isique, a iniciar suas atividades nesta sexta-feira, funcionando também no sábado (12).

O novo ponto é destinado a receber descartes, em volume de até 1m³ (um metro cúbico), de restos de poda e capina, entulhos e restos de construção e resíduos volumosos como móveis, colchões e eletrodomésticos.

Cercado por alambrado e portão, o ecoponto tem guarita com eletricidade e banheiro, circuito de câmeras de segurança, pátio e rampa de acesso às caçambas, preparadas a receber materiais separados por tipo.

O local é cuidado por um servidor público municipal e funciona em horário comercial, contando com monitoramento 24h por vídeo, transmitido diretamente à central de operações da Guarda Civil Municipal. “Descartes irregulares ou qualquer ação indevida no ecoponto e arredores serão registrados, contribuindo assim para a segurança do local e do bem público”, destaca o assessor executivo.

Os outros ecopontos em atividade são os do bairro Claudionor Cinti, que fica no cruzamento da avenida Juscelino Kubitschek com a rua Adalberto Cunha Capella, e o do Lago Azul, no cruzamento da JK com a rua José guerra. Ambos disponibilizam container para materiais de alto risco, como que contenham vidro e outros materiais cortantes e pontiagudos

Proto adianta que o próximo ecoponto a ser ativado é o do Country Club, ao fim da avenida Odorindo Perenha.