Publicado em 03 de setembro de 2018 às 12:01

Araçatuba terá tentativa de recorde mundial com paramotores em voo

O Clube de Paramotor Araçatuba promoverá, dias 7, 8 e 9 de setembro, o Mega Encontro de Paramotor de Araçatuba. A prefeitura apoia a iniciativa, que reunirá mais de 450 participantes do Brasil e do mundo.

O evento será realizado em uma área de 97 mil metros quadrados que está legalmente concedida ao Clube de Paramotor, na rua Conde Zeppelin, no Jardim Universo. Ao contrário dos anos anteriores, em que eram realizadas várias provas, este ano o evento terá outra característica, sendo marcado por um mega-encontro e apresentações.

Haverá tentativa de quebra do recorde mundial com maior número de paramotores voando ao mesmo tempo e homologação do recorde brasileiro. Este será um dos maiores eventos do gênero no mundo e terá entrada franca ao público.

ESTRUTURA

No local haverá praça de alimentação, banheiros e shows musicais nas noites dos dias 7 e 8. A abertura oficial do evento será no dia 7 ao meio dia e as tentativas de quebra do recorde, às 8h e às 15h do dia 8.

No local haverá 20 banheiros químicos e estrutura coberta com espaços para o público, expositores e uma praça de alimentação, em que os comerciantes não precisaram pagar nada para ocupar o espaço, sendo que o compromisso solicitado pelo clube é de que os produtos sejam vendidos pelo valor médio de mercado, sem cobranças exorbitantes ao público presente.

A equipe Águia, da Polícia Militar, estará presente no evento e o público poderá ver de perto a aeronave. A base do policiamento será no evento e as decolagens e pousos para atendimento às ocorrências será no campo de paramotor, em uma área que ficará restrito à equipe.

Está confirmada a participação de 450 pilotos de vários estados brasileiros, desde o Rio Grande Sul até estados do norte como Amazonas, Acre, Pará, e nordeste, como Rio Grande do Norte e Paraíba, além de pilotos de estados do centro-oeste brasileiro.

RECORDE

O recorde mundial com maior número de paramotores voando ao mesmo tempo é da Argentina, com 244 pilotos. O recorde brasileiro nunca foi homologado, e será registrado para a tentativa do recorde mundial.

Os pilotos estão sendo divididos em pelotões. Cada pelotão terá um capitão, que será o responsável pelo grupo, e dois líderes, que sairão na frente indicando a rota e altitude que o grupo deverá seguir. Cada pelotão voará em círculos e altitudes diferentes, sendo que a maior rota terá diâmetro de 66 quilômetros e altitude quase mil metros. Tudo está sendo organizado da melhor maneira possível visando a segurança dos participantes.

Além da quebra do recorde, o evento terá participação de pilotos que estão entre os melhores do mundo, como Maurício Braga (gatinho) e Ângelo Santos (Caboclinho), além de pilotos que integraram a delegação brasileira representando o Brasil este ano no campeonato mundial de paramotor, na Tailândia, entre eles o araçatubense Cláudio Cardoso.

Já confirmaram presença algumas celebridades do paramotor, como o piloto mais jovem do mundo, Melk Aita, de Itanhaém-SP, que voou sozinho aos oito anos. O cineasta alemão que hoje vive no Brasil, Silvestre Camp, que já atuou como produtor na National Geographic e hoje está fazendo a quinta temporada do programa Aéreas, no canal Off, também estará presente, além do piloto aventureiro Lu Marini, que produzia um quadro no Fantástico e hoje está no Domingo Espetacular, da Record. Ele vai montar um estande com parte da exposição de suas expedições, e também estará atendendo o público.

PALESTRA SOCIAL

Ainda dentro da programação do evento, o Clube de Paramotor, que também tem uma atuação voltada para o social, irá levar o piloto aventureiro Lu Marini para dar uma palestra aos internos da Fundação Casa Araçá, no dia 7 de setembro, às 15h30.