Publicado em 21 de junho de 2017 às 17:59

A Prefeitura de Araçatuba promoveu, neste domingo (7), a última reunião do Orçamento Participativo Popular, que ocorreu na escola municipal Professor Fernando Gomes de Castro no bairro Água Limpa.

Desses encontros entre a população e o poder executivo resultam na elaboração de propostas para o Plano Plurianual Participativo (PPA) e da Lei Orçamentária Anual (LOA), que estarão em vigor entre os anos de 2018 e 2021.

Foram colhidas 694 sugestões de moradores dos bairros Água Limpa, Prata, Pratinha e Jacutinga. Entre as solicitações, a saúde foi a mais requisitada a receber investimentos, seguida da segurança e da educação.

Muitos moradores reivindicaram melhorias na estrutura física da Unidade Básica de Saúde do bairro e dos veículos utilizados pelas equipes de saúde. Eles também afirmaram se sentir inseguros ao transitar pelas vicinais próximas em horários noturnos, pois, de acordo com os moradores, falta iluminação e policiamento atuante.

Também foi questionada a possibilidade de instalação de um lixão no bairro da Prata, assunto comentado por muito tempo na comunidade local. A respeito disso, o prefeito Dilador esclareceu à população que não permitirá que isso aconteça por se tratar de área produtiva economicamente, em que as famílias utilizam da terra para sustento próprio e para distribuição ao comércio na área urbana. Ele afirmou ainda que o município pode utilizar outras áreas para essa finalidade.

PEDIDO

O estudante Gabriel da Cruz Buzinaro, de apenas 10 anos, solicitou diretamente ao prefeito Dilador que as aulas fossem em período integral, para que os alunos da escola em que ele estuda pudessem aproveitar melhor as aulas de robótica. Atualmente, a escola em que ele estuda no bairro Água Limpa só funciona no período da tarde. A solicitação foi encaminhada à Secretaria de Educação para estudo.

O prefeito Dilador, a vice-prefeita Edna Flor e os secretários aproveitaram a oportunidade para conhecer a horta da escola, que é cuidada pelos próprios alunos e faz parte de um projeto de alimentação saudável. Eles também conheceram como funciona uma aula de robótica, tão apreciada pelos alunos.