Publicado em 12 de março de 2019 às 17:18

Foram iniciadas nesta semana os cursos profissionalizantes promovidos pela Prefeitura Municipal de Araçatuba, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Relações do Trabalho (SMDERT), em parceria com o Senac (Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial).

Serão beneficiadas 125 pessoas nos cursos de Assistente de Recursos Humanos, com duas turmas de 35 alunos; Auxiliar de Escritório, com uma turma de 35 alunos; e de Costureiro, com 20 alunos. As turmas serão divididas em salas disponíveis na SMDERT, na Fatec Araçatuba e no Laboratório de Costura do Senac.

Participaram da abertura o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, a vice-prefeita Edna Flor, o secretário Municipal Marcelo Astolphi Mazzei, que comanda a SMDERT, a SMDA (Agroindustrial) e a SMT (Turismo), e Marlene Zequin, gestora do pólo do Senac de Araçatuba.

Marcelo Mazzei lembrou que esses cursos são resultantes de pesquisas através do Balcão de Empregos da SMDERT, pelas quais foram levantados dados junto a jovens e adultos sobre seus desejos e interesses sobre mercado de trabalho e cursos de capacitação. Marlene Zequim, do Senac, destacou que a parceria está assinada até 2020, mas que considera o sucesso da demanda registrada e torce pela renovação e prorrogação dos trabalhos junto à prefeitura de Araçatuba.

Edna Flor felicitou os alunos e responsáveis pelo curso e virtude do que chamou de mais uma oportunidade de capacitação e geração de emprego e renda. “Cada um de vocês já tem o diferencial para o futuro porque escolheram aproveitar esta oportunidade. Essas parcerias são conquistadas porque vocês e seus familiares confiaram nesta administração e trouxeram até nós suas sugestões, gostos e interesses, e nossa luta tem trazido esses resultados de confiança, tanto das instituições provedoras desses cursos, dos profissionais que se dispõem e de vocês que vêm preencher essas vagas com seus sonhos”.

Dilador Borges lembrou seu exemplo de juventude, quando conseguiu oportunidade de emprego em função de ter feito curso de datilografia. “Eu não tinha nenhuma experiência técnica, minha origem rural me condicionava ao trabalho com o uso da força. Com esse curso tive a oportunidade de trabalhar em um banco, justamente na época em que precisaram de alguém que fizesse relatórios sobre cheques, e eu pude responder rapidamente, paginando a folha, margeando, escrevendo com os dez dedos, sem olhar para o teclado, com rapidez e sem erros. Essa simples capacitação e a oportunidade de trabalho me proporcionou ter contato com pessoas, experiências profissionais, novos conhecimentos e práticas, e hoje estou aqui, podendo dar a vocês essa palavra de incentivo, de votos de sucesso e de agradecimento, por estarem cuidando de seus futuros, dos nossos e da nossa cidade”.

A SMDERT ainda anunciou que os cursos em parceria com o Senac serão realizados também no segundo semestre de 2019.