Publicado em 01 de novembro de 2018 às 18:23

Com previsão para 2019, o cemitério Recanto da Paz, no bairro Rosele, em Araçatuba, vai receber obras para construção de ossários e uma praça. Os ossários serão dedicados a abrigar os ossos de pessoas sepultadas nos túmulos provisórios da necrópole.

A área do terreno é de 1.237,76 m², no qual o ossário existente ocupa 31,28 m², o cruzeiro 82,83 m² e os sanitários 33,33 m², totalizando 147,44 m² de área construída. O novo ossário terá também área igual ao anterior, resultando em ampliação de 31,28 m², totalizando 178,72 m².

Segundo a planta baixa fornecida pela Secretaria Municipal de Planejamento Urbano e Habitação de Araçatuba, com projeto do arquiteto Bruno Gimeno e desenho da estagiária de arquitetura e urbanismo Karina Lima, a obra de adequação contempla área ampliada sobre estrutura já existente. Tadeu Consoni, secretário municipal da SMPUH, revela que o local será renovado, assim como as construções já conhecidas do local “A capacidade será muito maior, porque a construção permitirá aumento vertical de espaço. As urnas terão aberturas menores que as entradas para caixões nos cemitérios, mas permitirão acomodação separada e identificada, o que garante maior organização e rapidez de operação”, ilustra Consoni.

Ainda de acordo com a planta baixa, os ossários previstos terão cobertura metálica e espaço externo ambientado com uma praça, pavimentada e arborizada, que também conterá uma fonte. Ficará ainda reservada outra área livre para construção e outros dois futuros ossários.

Edna Flor, vice prefeita de Araçatuba, fala do significado pessoal que terá a readequação estrutural e arquitetônica do Recanto da Paz, que imagina ser semelhante ao da população que frequenta o local. “Meus pais foram sepultados lá e visito a necrópole com muito carinho, mas sabemos o quão felizes ficaremos todos que temos nossos entes queridos no Recanto, quando tivermos as novas instalações. Esse era mais um dos nossos sonhos que colocamos como plano de governo e agora será transformado em realidade”, endossa a vice-prefeita.

O prefeito Dilador Borges fez reverência ao trabalho e espírito cidadão dos servidores nas necrópoles municipais. “Eu e Edna, bem como os integrantes do Legislativo municipal que acompanham o trabalho realizados nos nossos cemitérios, somos muito gratos pelo carinho e responsabilidade com que nossas equipes, tanto da Saudade como do Rosele, cuidam desses espaços solenes, espaços de dignidade e respeito à historia de nossos antepassados e da própria cidade. A construção do ossário é mais uma conquista que só é possível porque sabemos que há esse cuidado, essa confiança na gestão humana que vocês dão a essas estruturas, tanto por parte da administração como da população”, considera.

Dilador ainda relembra o recente trabalho de digitalização dos registros dos dois cemitérios municipais, realizado por equipe do Sistema Family Search (familysearch.com), provido pela Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias. “Somos também gratos à Estaca Araçatuba da IJCSUJ, na pessoa do presidente Fabio Antonio Giacomelli, por todo o trabalho que recuperou e garantiu, gratuitamente e para sempre, arquivos datados desde 1928, agora disponíveis para a prefeitura de Araçatuba e na internet, para a consulta de todos, de qualquer lugar do mundo que tenha acesso à rede mundial de computadores”.