Publicado em 01 de novembro de 2019 às 11:54

A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) de Araçatuba realiza, durante o mês de novembro, a Campanha Novembro Azul, com objetivo de chamar a atenção para os cuidados com a saúde do homem.

A campanha tem foco, principalmente, na prevenção do câncer de próstata através de estimular a mudança de hábitos e atitudes dos homens com relação a sua saúde.

A partir dos 50 anos, os homens devem ficar atentos a alguns sinais e sintomas e adquirir o costume de procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS), preferencialmente no mês de seu aniversário, a fim de criar o hábito, para falar sobre saúde e a prevenção de doenças e receber orientação sobre cuidados com a saúde no geral.

O profissional de saúde pode orientar sobre testes rápidos, como sífilis, hepatite e HIV, bem como sobre hábitos saudáveis, alimentação e atividades físicas, fazer análise de sofrimento psíquico, dependência de alguma substância química e ofertar as possibilidades de tratamentos.

A Secretaria de Saúde vai promover ações pontuais da Campanha Novembro Azul. Haverá atividades na Secretaria de Obras, no dia 18, na Guarda Municipal, nos dias 19 e 21, e no Paço, no dia 22 de novembro.

A Secretaria de Saúde vai disponibilizar médico especialista para ir a esses locais fazer um trabalho de orientação e esclarecimento de dúvidas aos funcionários.

Ainda durante o mês de novembro, os funcionários das Unidades Básicas de Saúde vão orientar sobre os sintomas e cuidados que o homem deve ter para prevenção do câncer de próstata. Também haverá priorização do atendimento aos homens que chegarem às unidades com possíveis sintomas.

CÂNCER DE PRÓSTATA

Câncer de próstata é o tumor que afeta a próstata, glândula localizada abaixo da bexiga e que envolve a uretra, canal que liga a bexiga ao orifício externo do pênis. Como o câncer de próstata é o que mais acomete os homens e existe ainda bastante preconceito quanto ao comparecimento para consulta e exames, é importante ressaltar que seja observado histórico familiar da doença, idade, obesidade.

Os sinais e sintomas mais comuns que o homem deve estar alerta são dificuldade de urinar, demora em começar e terminar de urinar, sangue na urina, diminuição do jato de urina e necessidade de urinar mais vezes durante o dia ou à noite.

O Ministério da Saúde, assim como a Organização Mundial da Saúde (OMS), não recomenda que se realize o rastreamento do câncer de próstata, ou seja, não é indicado que homens sem sinais ou sintomas façam exames. Portanto, é importante que converse com um profissional de saúde da sua confiança para decidir qual a melhor estratégia.

Havendo sinal e sintomas positivos, o exame de sangue PSA (que mede a quantidade de uma proteína produzida pela próstata – Antígeno Prostático Específico) e o toque retal são as melhores ferramentas para o diagnóstico do câncer de próstata. A maioria dos casos de câncer de próstata é diagnosticada por meio do PSA e a percepção de um nódulo através do toque retal pode orientar a realização de uma biópsia da próstata.