Publicado em 05 de julho de 2018 às 19:44

Durante a inauguração das novas instalações do Pronto Socorro Municipal “Aida Vanzo Dolce”, o ministro da Saúde Gilberto Occhi anunciou que deve promover a habilitação do sistema de atendimento à Saúde Mental de Araçatuba na próxima semana.

O anúncio foi feito durante a solenidade realizada nesta quinta-feira (5), em que foram entregues as novas instalações do PS, que a partir desta sexta-feira (6) passa a atender a população nas dependências do antigo Hospital Santana, à rua Rosa Cury, nº 72.

SAÚDE MENTAL

De acordo com a secretária municipal de Saúde de Araçatuba, Carmen Guariente, o município responde hoje pelo financiamento de todo o sistema de atendimento aos pacientes com transtornos mentais, porque as unidades CAPS (Centros de Atendimento Psicossocial) ainda não estão habilitadas junto ao Ministério da Saúde. “Com essa habilitação, teremos condições de receber mais de R$ 1 milhão em custeio, valores que hoje saem só dos cofres municipais, sem ajuda do Governo Federal”, comentou.

Devem ser habilitados o CAPS i (CAPS infantil), CAPS AD (Álcool e Drogas), CAPS III e as duas residências terapêuticas.

UNIDADE DE ATENÇÃO ESPECIALIZADA EM OFTALMOLOGIA

Ainda durante a solenidade, o ministro Gilberto Occhi assinou portarias destinando uma ambulância tipo A ao município de Braúna e habilitando novos leitos adultos junto à UTI da Santa Casa de Birigui.

Uma terceira portaria foi assinada, habilitando o Centro Médico de Araçatuba (Hospital Central) como Unidade de Atenção Especializada em Alta Complexidade em Oftalmologia. Com essa habilitação, o hospital obtém recursos anuais da ordem de R$ 2.490.000,00. A portaria foi assinada pelo ministro Gilberto Occhi e pelo prefeito Dilador Borges, tendo o deputado federal Fausto Pinato como testemunha.