Publicado em 27 de abril de 2018 às 18:28

A Secretaria Municipal de Cultura, em parceria com a SMOSP (Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos), inicia a primeira fase do projeto de revitalização do Centro Cultural Ferroviário, fechado em 2009 por problemas na estrutura.

O projeto recebe investimentos por meio d?e auxílio do Instituto Pedra, uma organização sem fins lucrativos, que desenvolve projetos no campo do patrimônio cultural.

De acordo com a secretária Tieza Marques, o projeto é pensado em uma futura utilização do espaço. “O projeto é separado em: limpeza do local, levantamento da área (planta), pesquisa histórica e iconográfica sobre o complexo ferroviário (realizado pelo Instituto Pedra), para então iniciarmos uma reforma”, ressaltou.

Na manhã desta quinta-feira (26), uma equipe da Monte Azul Ambiental realizou limpeza no local, que estava fechado há bastante tempo e acumulava muita sujeira e lixo nos arredores do complexo. “Essa limpeza é o marco inicial para a realização das próximas fases do projeto” explica Tieza.