Publicado em 06 de abril de 2022 às 12:30

A Secretaria Municipal de Segurança de Araçatuba recebeu um curso de qualificação de alto nível no último final de semana, junto a integrantes das polícias militar e civil da cidade.

No último domingo (3), sob o comando do instrutor Luiz Charneski, o curso de táticas de retenção e contrarretenção de arma de fogo foi realizado no estande Clube de Tiro e Caça de Araçatuba.

O treinamento foi desenvolvido para todo operador de segurança pública ou privada, atirador ou quem tem direito legal de portar arma de fogo.

Segundo Charneski, o método consiste em táticas de retenção e contrarretenção de arma de fogo, visando a proteção e manutenção do armamento com movimentos dinâmicos, explosivos e eficazes, com ênfase no confronto corpo a corpo, tendo sempre como objetivo sobrevivência dos agentes ou do cidadão de bem que portem arma de fogo legalmente.

“Esse curso permite que você repita o treinamento de onde estiver e reveja as técnicas quantas vezes forem necessárias. A repetição é fundamental para que, em um momento tão crítico como esse, você execute a técnica de forma instintiva”, reforça o instrutor.

Estavam presentes no Local as instituições Polícia Militar do Estado de São Paulo, representada pelo Batalhão Ações Especiais de Polícia (BAEP), Companhia de Força Tática e Policiamento convencional, todos pertencentes ao Comando de Policiamento do Interior (CPI-10). Também estava presente a Polícia Civil do Estado de São Paulo, representada pela DIG, investigadores, escrivães e agentes.

A Guarda Civil Municipal foi representada pelos GCMs Barion, Nogueira, Martines, Dos Santos, Altali, Diego Rodrigues e Sobral, integrantes da Secretaria Municipal de Segurança de Araçatuba, comandada pelo secretário municipal Antonio Erivaldo Assêncio, que também esteve presente no evento.

“A única maneira que você tem de sobreviver em uma luta pela sua arma é mantê-la em seu completo domínio. Lute pela sua arma, lute pela sua vida”m defende Charneski.

O instrutor

Hoje Luiz Charneski é a maior autoridade do segmento do país e referência internacional, atuando na área de instrução em defesa de agentes de segurança, mais especificamente na área de Retenção e Contrarretenção da arma de fogo. Em 2017, trouxe toda a sua experiência da arte marcial para um novo conceito de defesa pessoal em segurança pública. Esteve em 25 estados da Federação, passando pelas maiores e mais atuantes unidades da polícia brasileira, onde ganhou diversos prêmios e menções honrosas. Seu treinamento foi o divisor de águas na matéria defesa pessoal voltado a agentes de segurança pública.