Publicado em 04 de outubro de 2017 às 11:05

Característico da cultura musical brasileira, o samba nasceu na Bahia e ganhou o coração dos cariocas. Com o passar dos anos, foi se desenvolvendo e ganhando novos tipos de andamento, como o samba canção, pagode e a bossa nova. E, nesta quarta-feira (4), o ritmo animará o público que comparecer ao Teatro Municipal Castro Alves, às 19h30, para assistir ao show “100 anos em 100 minutos – A trajetória do Samba”.

Na apresentação, os espectadores viajarão ao passado e reviver o som que vai desde os anos 1910 até a atualidade, com mais de 25 músicas tocadas pelo grupo Raízes do Samba. Haverá “A Flor de o Espinho” (Nelson Cavaquinho), “Cabelos Brancos” (Herivelto Martins), “Chega de Saudade” (João Gilberto), “Não Deixe o Samba Morrer” (Alcione), entre outros.

De acordo com os organizadores, o evento tem por objetivo “prestar um justo tributo ao samba, ícone da nossa cultura, destacando sua importância e os grandes sambistas que compõem este cenário”.

O show é uma realização da Secretaria Municipal da Cultura financiado com recursos do Fundo Municipal de Apoio à Cultura.

Serviço

“100 anos em 100 minutos – A trajetória do Samba”

Data e Horário: 04 de outubro, às 19h30

Local: Teatro Municipal Castro Alves, Rua Duque de Caxias, 29, Centro

Realização:Secretaria Municipal da Cultura e Fundo Municipal de Apoio à Cultura