Publicado em 21 de novembro de 2018 às 17:49

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, em companhia da secretária municipal de Saúde. Carmem Guariente, e do vereador Antonio Edwaldo Dunga Costa, recebeu em seu gabinete, na manhã de quarta-feira (21), um grupo de médicos cubanos, até recentemente integrantes do Programa Mais Médicos.

Eles buscaram esclarecimentos diversos sobre o posicionamento da administração municipal após o volume de informações na mídia em torno da decisão do governo de Cuba, de repatriação dos profissionais.

Dilador Borges anunciou aos visitantes que a administração municipal cumprirá com suas obrigações. “Garanto que a prefeitura não será negligente com esses profissionais e daremos todo amparo até seus retornos à pátria, depositando, hoje mesmo, os direitos dos já desligados pelo governo federal, desde o auxilio de moradia e alimentação, para que possam prover suas necessidades, bem como proverá transporte para os mesmos até a capital São Paulo”.

A secretária municipal de Saúde, Carmem Guariente, esclarece que está em contato com os conselhos de secretarias municipais de Saúde, a acompanhar as atualizações e próximas decisões governamentais. “As normas não são municipais, mas do Ministério da Saúde. Estamos acompanhando através do Conasems para que em breve tenhamos médicos nessas 23 vagas. O ministério já publicou edital pra chamamento dos médicos e agora aguardamos as inscrições. A previsão é de que estes novos profissionais estejam ate 7 de dezembro no município.

DESPEDIDA

Os médicos cubanos que prestavam serviço em Araçatuba deixaram de atender a população nesta quarta-feira (21). A Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com o Conselho Municipal de Saúde, realiza uma reunião na Câmara Municipal, às 18h30, na qual fará um ato de agradecimento e despedida aos médicos.