Publicado em 29 de junho de 2018 às 08:27

O Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua) realizou capacitação voltada a funcionários do próprio programa e a gestores e coordenadores de outros programas da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS).

De 25 a 28 de junho, foram abordados temas como Política Nacional para População em Situação de Rua (PNPR): concepção, objetivos, papel do Centro Pop e abordagem de rua; o direito de morar, alternativas de moradia e os abrigos; saúde: conceitos, evolução, saúde da população de rua, saúde mental e redução de danos, em parceria com o Caps AD (Centro de Atenção Psicossocial – Álcool e Drogas); trabalho: centralidade, histórico, trabalho com a população de rua e alternativas exitosas; atividades com gestores e coordenadores de programas da SMAS, esta última com a participação da vice-prefeita Edna Flor e da secretária municipal da SMAS e de Participação Cidadã (SMPC), Maria Cristina Domingues.

A capacitação foi mediada pela assistente social, mestre e doutora em serviço social pela PUC/SP, Maria Magdalena Alves. Técnicos, educadores sociais, monitores, agentes de serviços gerais, seguranças e cozinheiro do Centro Pop e do Abrigo Institucional receberam orientações teóricas e práticas, como técnicas de abordagem in loco.

Durante a atividade com gestores e coordenadores, que aconteceu na sala de reuniões do Centro Pop, Maria Magdalena Alves destacou que um dos pontos principais das técnicas de abordagem está na postura utilizada. “Deve-se conversar com o morador de rua de igual para igual, encaminhando a conversa de forma a articular os serviços existentes e oferecer respostas a essas pessoas”.

Christian Capobianco, coordenador do Centro Pop, acredita que a capacitação faz-se necessária constantemente, ampliando os conhecimentos da equipe de trabalho, e trazendo discussões atuais para ações mais efetivas referentes a políticas públicas e população em situação de rua.