Publicado em 31 de outubro de 2018 às 18:40

Nos dias 30 e 31 de outubro aconteceram a feira e a abertura da Semana Municipal de Ciência e Tecnologia, com o tema: “Ciência para a Redução das Desigualdades”, realizada na APAE de Araçatuba, pela Secretaria Municipal de Educação (SME) de Araçatuba.

A mostra é das escolas do município com parceria do Salesiano pelo projeto de robótica, no qual os estagiários do curso são monitores do projeto. Também foram convidadas escolas estaduais. Foram programadas cinco visitações, tendo público visitante médio de 250 pessoas a cada período, manhã e tarde. São 15 escolas participantes, das quais sete são municipais e cinco apresentam projetos de Robótica. Também participam turmas da Apae Araçatuba e do Curso Supletivo Municipal EJA (Educação para Jovens e Adultos), no qual é desenvolvido trabalho com jovens acima de 15 anos portadores de necessidades especiais.

As turmas estavam dispostas ao redor da quadra poliesportiva e nomeadas pelas escolas que representavam, com projetos diversos, de cunho científico, com propostas de reciclagem de resíduos, alimentação sustentável, eletricidade e robótica. As barracas exibiram projetos como de amaciante caseiro, sabão feito com óleo usado, redemoinho do amor e amizade sobre reciclagem, brinquedos de sucata, mini gerador eólico, abordagem sociológica “corrida conta o preconceito”, maquetes de cadas adaptadas para deficientes físicos, instalações elétricas e de energia eólica, cadeira de rodas elétrica, ervas medicinais, alimentação saudável, lista de compras e pesagem de sobras de alimentos. Também foram apresentados os projetos de semáforo inteligente com cancela, faixa de pedestre, visão do futuro e superação de desigualdades sociais

O evento foi aberto pela secretária municipal de Educação, Silvana de Sousa e Souza, e a presidente da Apae, Maria Carolina Paoliello, com participações da vice prefeita de Araçatuba, Edna Flor, do presidente da Câmara Municipal, Rival Papinha, da diretora do Departamento de Educação Complementar, Cristane Aparecida da Silva, e do coordenador de projetos de Robótica pelo Salesiano, Edval Rodrigues de Viveiros.

Após a abertura oficial, houve apresentação musical pela banda da Apae e de dança pelos alunos da Apae e da Emeb Egles Gabas de Carvalho.

Edna Flor descreveu o encanto que sentiu durante a visita à feira. “Desde a entrada, a recepção, as maravilhosas aulas que tivemos a cada barraca e até as apresentações artísticas, estamos todas muito impressionadas com a qualidade e com o conhecimento que essa criançada desenvolve e importantíssimo trabalho de apoio dos profissionais e estudantes monitores realizam para que tudo tenha dado tão certo. Que possamos tem mais e sempre destas festas do conhecimento e construção do nosso futuro. Parabéns a todos!”, celebrou.

Segundo a SME, a motivação para escolha do tema baseia-se na Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas – ONU, e seus 17 Objetivos do Desenvolvimento Sustentável – ODS, em particular o ODS 10 – Redução das Desigualdades.