Publicado em 22 de maio de 2018 às 17:05

Após nove meses da primeira construção, a Prefeitura Municipal de Araçatuba, através da Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (SMOSP), atingirá até o final deste mês a marca de 100 sarjetões construídos.

Obras como essas geralmente são feitas onde existe um encontro de ruas e o asfalto do local se deteriora devido à ação das águas. A finalidade da obra é facilitar o escoamento, evitar a formação de buracos e aumentar a trafegabilidade das ruas.

No total, foram investidos R$150 mil em materiais. Para a construção de um sarjetão são utilizados concreto usinado, telas soldadas, brita (espécie de pedra para cobrimento de fundo), além de equipamentos como retroescavadeira e mão de obra, todos de responsabilidade da SMOSP.

Os pedidos para a realização dos sarjetões são feitos a partir de solicitações protocoladas no Atende Fácil, indicações do poder legislativo e observação de equipes da SMOSP. Após a construção do sarjetão, a rua fica interditada por uma semana para a secagem do concreto.

O secretário da SMOSP, Constantino Alexandre Vourlis, explica a urgência das obras. “Araçatuba tem um problema crônico de falta de galeria de águas pluviais, o que faz com que a água corra superficialmente pelo asfalto. Com a equipe nas ruas, procuramos fazer de três a quatro sarjetões por vez, já que temos uma demanda grande à espera por essas obras”. Atualmente, a SMOSP registra mais de 300 pedidos de sarjetões a serem feitos nos próximos meses.