Publicado em 20 de setembro de 2018 às 15:09

Motoristas que atuam no transporte escolar da Secretaria Municipal de Educação (SME) de Araçatuba receberam, nesta quinta-feira (20), curso de conscientização sobre o uso de celular ao volante.

As instruções foram transmitidas por técnicos do CNT (Conselho Nacional do Transporte), Sest (Serviço Social do Transporte) e do Senat (Serviço Nacional de Aprendizagem no Transporte) de Araçatuba, como parte do Programa de Prevenção de Acidentes desses órgãos.

A iniciativa faz parte da programação da Semana Nacional de Trânsito, estabelecida no país conforme resolução nº 722/2018 do Contran (Conselho Nacional de Trânsito), que trabalha os temas “Nós somos o trânsito”, “Celular no volante perigo constante” e “Uso do cinto de segurança no banco traseiro”.

DIDÁTICA

Foram exibidos vídeos de campanhas das instituições que oferecem a orientação aos motoristas. De acordo com os técnicos, motoristas que fazem ligações pelo celular ao volante têm quatro vezes mais chances de sofrerem acidentes em relação a quem não faz uso do celular ao volante; a probabilidade de acidentes é 23 vezes maior caso o motorista digite ao celular nessas condições.

Além disso, os técnicos perguntaram aos motoristas quais são, na opinião deles, as maiores causas de distração durante o período que estão dirigindo. Foram falados, além do uso de celular, conversas paralelas com o passageiro, fones de ouvido, outras pessoas no trânsito e rádio do veículo. Também foi exposto o resultado de uma pesquisa da Abramed (Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica), que constatou que o uso de celular ao volante é a terceira maior causa de mortes no Brasil.

O diretor do Sest Senat Araçatuba, Pedro Manuel Neves, disse que as instituições gerenciadas por ele têm comprometimento com os trabalhadores que atuam com transporte, seja de cargas ou de pessoas. “Temos no Sest/Senat simulador de direção para motoristas de ônibus, caminhão e van. Vamos ver a possibilidade de, futuramente, oferecer esses cursos para vocês, através da Secretaria de Educação. Estamos à disposição para parcerias”, reforça.

De acordo com o diretor do Departamento de Serviços e Apoio à Educação da SME, Fernando César da Silva, reforçar os conhecimentos que os motoristas já têm garantem mais segurança durante o transporte escolar. “A proposta do curso nos chamou a atenção porque temos 38 motoristas que trabalham diariamente com as crianças da rede municipal. A ideia de trazer essa capacitação aos motoristas faz com que a segurança durante o transporte das crianças e dos próprios funcionários seja reforçada”.