Publicado em 13 de setembro de 2017 às 16:06

Nesta quarta-feira (13), a vice-prefeita Edna Flor esteve na sede da 1ª Companhia de Polícia Militar de Araçatuba, mais especificamente no setor onde funcionam o Núcleo de Mediação Comunitária e o Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (Cejusc) da Polícia Militar.

Ela foi recebida pelo cabo Marcelo Crescêncio – que fez a entrega de um trabalho artístico para a vice-prefeita; pelo cabo Roberto Carlos Vieira e pelo 1º tenente PM Fábio Aparecido Webel de Oliveira, que é coordenador da unidade do núcleo de Araçatuba e de outras oito cidades da região.

Na ocasião, o tenente Weber disse que a instalação do Cejusc em uma Companhia da PM é algo inédito e é modelo para outras localidades. “Já temos notícia de que outras cidades do Estado de São Paulo e até mesmo de outros estados do Brasil estão implantando o Cejusc nas sedes da PM. E isso é motivo de grande orgulho para Araçatuba.

Edna disse que a administração municipal está à disposição da Polícia Militar e de seus serviços, que descreve como muito importantes para a comunidade. “É muito bom podermos contar com instituições que prestam serviço direto à comunidade, principalmente se tratando de um trabalho tão bonito, que é o de auxiliar as pessoas na resolução de conflitos”.

O Núcleo de Mediação Comunitária da Polícia Militar é um serviço que tem por objetivo aproximar ainda mais a polícia da população e tentar resolver conflitos, evitando ações judiciais. A mediação será feita por um Policial Militar capacitado pela Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e pelo Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc), este último inaugurado na sede do CPI-10 de Araçatuba em abril deste ano.