Publicado em 11 de maio de 2020 às 08:45

Na manhã deste domingo (10), o prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, realizou uma videoconferência com prefeitos da região para reunir os argumentos a apresentar ao governador do Estado de São Paulo, João Dória, em reunião marcada para segunda-feira na capital paulista, com representantes de 32 cidades-sedes de região.

Antes da videoconferência, Dilador também reuniu-se, em caráter de emergência, com sua equipe de secretários municipais, com base na qual será elaborado um documento para apresentação ao governador, com referências técnicas da situação local de Araçatuba e quadro geral da região, em favor da flexibilização e retomada da economia local e regional.

“Pelos dados que nós temos, cabe flexibilização na nossa região. É com esse recado e essa missão que vou me reunir em São Paulo, com apoio de todos os participantes para sensibilizar o governo estadual. Não temos certeza do resultado, mas tenham a certeza de que vamos lutar pela vontade unânime da região”, afirmou Dilador.

Participaram da videconferência 20 prefeitos, que manifestaram apoio a Dilador como representante regional, ressoando o coro pela flexibilização da quarentena.

As posições dos prefeitos e prefeitas foram unânimes em retratar a situação do interior paulista como diferente da região metropolitana paulista e de outras capitais do Brasil, dando ênfase à necessidade de maior entendimento sobre a realidade das microempresas e pólos industriais das pequenas cidades. O argumento favorável à economia foi reforçado com os números da saúde das cidades, que retratam situação controlada, em sua maioria, e passível de boa sintonia com a solicitada ‘abertura responsável’ de atuação do comercio e de serviços.

Em sua consideração final, Dilador ainda citou a situação de gestão da saúde pública municipal diante de fatores como quantidade de aparelhos, de equipamentos de proteção individual, e da inflação destes gêneros em decorrência da demanda aumentada. “Temos muitas responsabilidades, desde cuidar de pessoas, de prover atendimento de saúde e também a responsabilidade com o Tribunal de Contas. Estamos catalogando todos os gastos atuais e comparando preços com os anteriores à quarentena. Enviaremos ao Procon e vamos judicializar estas questões, pois devemos satisfação à população que paga impostos e merece respeito.

Dilador agradeceu o apoio dos colegas prefeitos e falou da grande responsabilidade de representação regional junto ao Governo do Estado. “Preciso desse apoio para que possamos levar essa ideia. Sabemos que não vai ser fácil, não vai amadurecer de um dia pro outro e a resposta não vem na mala amanhã. O momento é muito difícil e de mão dadas podemos diluir esse sofrimento. Temos uma região forte, cujo apoio faz o trabalho não ser em vão”.