Publicado em 12 de abril de 2017 às 08:50

Na manhã desta segunda-feira (9), o prefeito Dilador Borges e a vice-prefeita Edna Flor assinaram o decreto que dispensa a obrigatoriedade da apresentação de comprovante do recolhimento da contribuição sindical para a obtenção de autorização/licença ou renovação individual de mototaxista. A assinatura do documento ocorreu no Paço Municipal.

O decreto nº 19.055 de 9 de janeiro de 2017 dispensa também as multas não recolhidas e outras penalidades administrativas decorrentes além de prorrogar por 60 dias as licenças vigentes até o dia 31 de dezembro de 2016.

Participaram da mesa de autoridades o prefeito Dilador Borges; a vice-prefeita Edna Flor; o secretário municipal de Governo e Comunicação Social Manuel Afonso de Almeida Filho; o secretário municipal de Segurança Erivaldo Gomes Assêncio; o secretário municipal de Administração Deocleciano Borella Júnior e a vereadora Tieza Marques.

O prefeito Dilador Borges citou o acordo que fez com a cidade. “Queremos demonstrar que temos compromisso. A assinatura desse decreto é fruto do empenho de vocês. Vamos hoje reverter essa situação”.

A vice-prefeita Edna Flor ressaltou a importância do momento da assinatura do decreto. “Acompanhamos a luta de vocês desde a Câmara. Estamos reconhecendo a dignidade de vocês. Esse ato é de reconhecimento do trabalho que vocês fazem. O Dilador está cumprindo o plano de governo, não compactuamos com essa ilegalidade”, afirmou Edna.

Ao término dos discursos, o prefeito Dilador Borges e a vice-prefeita Edna Flor assinaram o decreto na presença de vários mototaxistas da cidade.