Publicado em 25 de agosto de 2017 às 18:20

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, em companhia do secretário de Desenvolvimento Agroindustrial, Erik Carneiro, e o assessor executivo, Arnaldo Vieira Filho, visitaram um dia de trabalho dos produtores de uva do Córrego da Divisa, nesta quinta-feira (24). O módulo executado neste período é o de manejo e tratos culturais.

Na propriedade de Alberto Figueiredo da Silva, um dos novos produtores dessa nova promessa do agronegócio de Araçatuba, o grupo da prefeitura conversou com Odenir Rossafa Garcia, engenheiro agrônomo e instrutor do Senar-SP (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), que acompanha os 16 produtores da localidade.

Além de explicações técnicas sobre os métodos utilizados, Rossafa esclareceu que o processo é longo e prevê primeiros resultados de colheita Para o ano que vem, dado que as mudas ainda estão nas primeiras fases, algumas sendo preparadas para enxerto e algumas já exibem folhas. “Depois da primeira colheita, de totalmente desenvolvida, não para mais de dar uva. Uma cultura como essa paga o investimento já na primeira safra e tem vida produtiva de cerca de 30 anos”, valoriza.

“A Prefeitura propõe-se a criar políticas públicas para dar sustentabilidade ao setor, correndo atrás de viabilizar condições favoráveis ao programa e para desenvolver o agronegócio”, reforça Erik Carneiro. “Nosso papel também é agregar valor à produção, ajudar com compra direta, orientar e promover canais de comercialização, buscar novos cursos e programas”, completa Arnaldo Vieira Filho.

“Estes produtores estão vencendo a tradição de pecuária e cana-de-açúcar e vão fazer da uva o novo sucesso da agricultura local e regional. Reforçamos publicamente o apoio da Prefeitura, por meio do Desenvolvimento Agroindustrial, às novas culturas e todas as iniciativas que forem benéficas ao desenvolvimento do agronegócio à nossa cidade e região”, incentiva Dilador.

As próximas aulas serão do processo de garfagem, onde escolherão as variedades.