Publicado em 16 de novembro de 2022 às 16:57

A peça de circo e teatro de rua Hoje Tem Espetáculo, do Grupo Rosa dos Ventos, será apresentada gratuitamente no bairro de Engenheiro Taveira. O evento, que é organizado pelo Proac ICMS em parceria com a Prefeitura de Araçatuba, acontece nesta quinta-feira (17), às 20h, na rua São Paulo, em frente à EMEB Selma Maria Trevelin de Jesus. Antes marcada para 29 de outubro, a atração teve que ser reagendada por conta da forte chuva que atingiu o bairro naquele dia.

Na peça, as cenas e números de circo recriadas são adaptações livres do Rosa dos Ventos e trazem a marca de seus palhaços verborrágicos, verdadeiros nas relações, improvisadores e provocadores da participação popular. O público é convidado a entrar no picadeiro e em diferentes momentos são os personagens principais da roda. Malabaristas, atiradores de faca, entradas de palhaço e cenas de pura comédia dão forma a uma atração de rua que mantém as contradições entre o sublime e o grotesco presentes no imaginário coletivo do circo como universo fantasioso e mágico.

O espetáculo, que conta com o patrocínio do Grupo Aralco, faz parte de um projeto que está acontecendo entre os dias 22 de outubro e 20 de novembro em outras 10 cidades e distritos da região de Araçatuba. O objetivo é promover a difusão cultural em espaços públicos, oferecendo de graça à população uma atração artística circense destinada a todas as idades.

A expectativa, segundo a companhia, é transformar as praças da região de Araçatuba em verdadeiros Circos a céu aberto. “Patrocinar projetos que promovam a educação e a cultura para a nossa região, estão em nossos objetivos socioculturais. Faz parte dos valores do Grupo Aralco o apoio a programas comportamentais, estratégicos e preparativos”, reforçou Diego Garcia Mathias, coordenador de recursos humanos da Aralco.

O Rosa dos Ventos é um grupo de circo e teatro que escolheu as ruas, praças e outros espaços alternativos para atuar. A criação do grupo caminha pelo circo, arte de rua, teatro de rua, música e comicidade popular, fundindo todos esses elementos numa proposta cênica ousada, marcada pela improvisação e pela horizontalidade na relação entre os artistas e o público. Como diz Tiago Munhoz, integrante do Rosa dos Ventos, “nossos espetáculos acontecem nas ruas, são pensados para esses espaços, e isso faz com que não tenham a chamada quarta parede do teatro mais convencional, onde geralmente o público é um elemento mais distante e passivo na encenação”.

Ficha técnica do espetáculo:

Criação e concepção: Grupo Rosa dos Ventos
Linguagem: Artes cênicas, Circo e Teatro de Rua
Estreia: Abril de 2001
Elenco: Fernando Ávila, Luís Valente e Tiago Munhoz
Criação musical: Robson Toma e Grupo Rosa dos Ventos
Cenário: Deva Bhakta e Grupo Rosa dos Ventos
Arte Gráfica: Ricardo Bagge
Duração: 50 minutos

Mais informações:
www.rosadosventos.art.br