Publicado em 21 de junho de 2017 às 16:54

A Secretaria Municipal de Educação deu início nesta segunda-feira (17) às aulas no novo prédio da escola municipal Professora Ermelinda Geralda da Silva Soga, na rua José Rico Belda, 74, no bairro Planalto, aonde funcionava o Sesi 281. A unidade funcionava no bairro Nossa Senhora Aparecida e tinha capacidade para abrigar 53 alunos.

Um dos principais objetivos com a mudança foi atender de forma mais eficaz as crianças que se mudaram recentemente com suas famílias para o Conjunto Habitacional Porto Real II. As crianças foram atendidas na primeira escola indicada pelos pais, durante plantão de atendimento da secretaria de Educação para garantia das vagas.

Neste primeiro dia de aulas, funcionaram quatro salas com aproximadamente oitenta alunos do primeiro ao quinto ano, nos períodos da manhã e tarde, e da chamada ‘etapa dois’, que caracteriza a fase da pré-escola em período integral.

A recepção aos alunos ocorreu de forma especial, com gincanas e contação de histórias. Eles se surpreenderam com a presença da vice-prefeita Edna Flor na escola, e retribuíram com muito carinho durante as comemorações. Ela desejou às crianças que aproveitem o tempo que passam na escola para estimular a curiosidade pelo conhecimento e convivência com os colegas.

“Eu fiquei encantada com a felicidade estampada no rosto dos meninos. A Secretaria de Educação acertou na mudança da unidade, que vai levar mais conforto”, disse a vice-prefeita Edna Flor.

VAGAS

De acordo com a secretária de Educação Silvana de Souza, a mudança de prédio favoreceu a posição dos pais e responsáveis pelas crianças. “Tanto a transferência de prédio como a disponibilidade de transporte escolar para os alunos facilitou a vida dos pais. Com a estrutura maior, esperamos chegar aos 350 alunos matriculados na unidade”, ressalta.

Atualmente, a escola possui 320 alunos matriculados. Os pais ou responsáveis que ainda não efetuaram a matrícula da criança podem comparecer à escola, munidos de cópia da certidão de nascimento, cópia do comprovante de residência e declaração de transferência da escola que o aluno frequentava. A Secretaria de Educação ainda não definiu a finalidade do antigo prédio da escola.

– See more at: http://aracatuba.sp.gov.br/criancas-que-moram-no-porto-real-ii-ja-foram-transferidas-para-nova-escola/#sthash.YKO16XVz.dpuf