Publicado em 26 de outubro de 2018 às 18:25

Com a intenção de levar educação ambiental aos moradores de Araçatuba, catadores de recicláveis que trabalham nas cooperativas Cooper Araçá e Acrepom (Associação dos Catadores de Papel de Araçatuba) estão indo de porta a porta, desde o ano passado, a fim de esclarecer as pessoas sobre a importância da coleta seletiva.

A iniciativa faz parte de convênio que integra o programa “Dê a Mão para o Futuro” Reciclagem, Trabalho e Renda, iniciativa da Associação Brasileira da Indústria de Higiene Pessoal, Perfumaria e Cosméticos (Abihpec) em parceria com a Abipla (Associação Brasileira das Indústrias de Produtos de Limpeza e Afins) e Abimapi (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias, Pães e Bolos Industrializados).

Segundo o membro do Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente, Lazaro Eduardo Pereira, é ainda objetivo da ação explicar aos moradores a importância da reciclagem, separação correta do lixo e limpeza dos itens recicláveis, garantindo assim, que os produtos, em vez de serem direcionados ao aterro, sejam direcionados às cooperativas e gerem renda para os catadores.

Ele ainda explica que, depois da implantação da coleta seletiva no município, a Cooper Araçá e a Acrepom passaram a ter uma renda de mais de R$1500,00 por mês para cada catador. “Desde que essa ação de orientação foi iniciada, o material está chegando com melhor qualidade nas cooperativas e, na hora de vender, elas conseguem o melhor preço”, conta.

CONVÊNIO

A Abihpec renovou, em 2017, convênio com a Prefeitura de Araçatuba, a Cooper Araçá e a Acrepom. Por meio desse convênio, a Associação investiu, no ano passado, cerca de R$ 250 mil nas duas cooperativas e disponibilizará, neste ano, aproximadamente R$ 200 mil a ser investido na Acrepom. Os recursos foram e serão utilizados para reforma de maquinário, aquisição de novos equipamentos e compra de materiais para escritório, como computador e impressora.

O convênio com a Abihpec não tem nenhum custo para os cofres públicos municipais ou para as associações, exigindo apenas a contrapartida das cooperativas através da prestação de contas sobre as quantidades de material coletado. São 25 famílias na Acrepom e 18 na Cooper Araçá sendo assistidas pelo convênio.