Publicado em 10 de dezembro de 2018 às 09:46

O Conselho Municipal de Assistência Social (Comas) de Araçatuba realizou, nesta quinta-feira (6), audiência pública para exposição das atribuições do Conselho e da Rede Socioassistencial do município.

A audiência, ocorrida na Câmara Municipal, foi conduzida pelo presidente do Conselho no biênio 2016/2018, Thiago Mendes. Fizeram pronunciamentos a vice-prefeita Edna Flor, a secretária municipal de Assistência Social e de Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues e o vereador e presidente da Câmara, Rivael Papinha.

Mendes destacou as principais ações realizadas pelo Conselho durante o biênio que presidiu. “Tivemos alguns momentos difíceis, como a troca da OS (Organização Social), mas o fato de a administração municipal não ter reduzido o orçamento para a Assistência Social fez com que a pasta conseguisse trabalhar com as atividades já previstas. Por isso destaco que as parcerias são fundamentais. O COMAS é um órgão fiscalizador, mas acima de tudo trabalha em conjunto com a SMAS e entidades e conta com o apoio da sociedade, para que as ações voltadas ao público não deixem de existir”.

A secretária Maria Cristina Domingues valorizou a parceria de cada entidade assistencial que presta serviço ao município. “A Assistência Social em Araçatuba cresceu muito nos últimos anos. Não sei o que seria da prefeitura sem as entidades assistenciais. Sou assistente social e repudio qualquer tentativa de retroceder nos avanços que já temos”, comentou a secretária em relação ao possível corte de orçamento na pasta.

“Nos momentos de dificuldades ou não, devemos manter o diálogo permanente. Temos secretarias na prefeitura que, diante de qualquer redução de um programa ou prestação de serviço, reflete diretamente na vida das pessoas. Portanto, penso que os conselhos foram um ganho enorme da Constituição Federal de 1988”, disse a vice-prefeita Edna Flor.