Publicado em 24 de agosto de 2018 às 18:14

Nesta semana o Comitê Institucional de Mobilização Contra o Aedes reuniu-se no auditório da Prefeitura de Araçatuba para mais um encontro de relatórios e projeções.

Na quinta-feira (23), discutiram a situação epidemiológica das arboviroses e organizaram o cadastro das brigadas contra o Aedes. Segundo Tania Suto, agente técnica de saúde da Sucen (Superintendência de Controle de Endemias), durante a reunião também foi evidenciado que os acidentes com escorpiões aumentaram em 2018, o que levou a coordenação a decidir sobre capacitar brigadistas para evitar acidentes com o animal em local de trabalho e orientar a população circulante do local a evitar ocorrências desta natureza em suas residências.

Além de integrantes do comitê, a discussão reuniu representantes das secretarias municipais.