Publicado em 06 de agosto de 2018 às 09:32

Araçatuba se prepara para fim do sinal analógico.

Servidores públicos da Prefeitura Municipal de Araçatuba receberam nesta semana capacitação para preparar a população à migração definitiva do sinal analógico de TV para o digital. O sinal analógico será desligado em 28 de novembro

Como preparação para esta mudança e por determinação da ANATEL, a Seja Digital (EAD – Entidade Administradora da Digitalização de Canais TV e RTV), está coordenando treinamentos para a informação da população e a distribuição de kits conversores gratuitos, com antena e conversor de sinal, destinados aos beneficiários de programas sociais do Governo Federal como Bolsa Família, Minha Casa Minha Vida, Tarifa Social de Energia Elétrica, entre outros. Depois da mudança, haverá muito mais qualidade de imagem e som com a TV Digital.

Tatiana Montório, consultora de mobilização social da Seja Digital da região de Araçatuba, que compreende 37 municípios, informa que para Araçatuba já há estimativa de 25 mil kits disponíveis para toda a população que está dentro do Cadastro Único (CadÚnico). “Estamos aqui para conversar com todo mundo dos Cras (Centros de Referência de Assistência Social), com quem faz agendamento de CadÚnico, de Bolsa Família, atendentes, agentes comunitários de saúde, que fazem o porta a porta, visitas domiciliares e que podem ajudar nesta campanha, além de professores, diretores e supervisores de escola, que são um ponto de apoio para explicar esse processo da migração e distribuição dos kits. Já temos mais ou menos 100 pessoas participando desse processo, fazendo seu login de mobilizador, para fazer a campanha e deixar Araçatuba preparada para o desligamento do sinal no dia 28/11”, descreveu a consultora, durante encontro.

Quem tem direito ao kit?

Tatiana reforça que todos os cadastrados no CadÚnico (e somente quem está no CadÚnico) terão direito ao kit digital. “Temos uma base de dados grande e haverá alguns beneficiários que serão inseridos: aqueles que nunca foram ao Cras ou ao CadÚnico, mas recebem somente um salário mínimo, por exemplo, farão seus cadastros, serão inseridos no banco de dados e passarão a ter direito a retirar seu kit e fazer a instalação.

Como fazer?

Há duas formas de agendamento: uma através do telefone 147 ou pelo site www.sejadigital.com.br. Nos dois canais deve-se informar o número de NIS – Número de Identificação Social ou o CPF, (sendo o NIS o mais garantido, segundo Montório), e agendar a retirada do kit: no agendamento, escolhe-se qual a agência dos Correios mais próxima – em Araçatuba já há um PDR (Ponto de Retirada) na unidade dos Correios do centro da cidade – o dia e o horário. No dia da retirada, deve-se levar um documento com foto, o protocolo de agendamento e o NIS.

Como reforço à campanha, está prevista uma caravana em setembro, com um ônibus da Seja Digital, onde também serão feitos agendamentos, e trazendo atividades de arte, educação e sobre meio ambiente e sustentabilidade. “Araçatuba terá esse diferencial por ser uma cidade grande, que demanda atenção maior”, justifica a coordenadora.

Instalação Premiada

Para os interessados em ter o kit, o agendamento será feito até o dia 28/11, mas Tatiana destaca que ainda há a Instalação Premiada. “Faremos 10 sorteios de R$ 2 mil, que começam em agosto. Quanto antes o beneficiário agendar, retirar e instalar, maior a chance de concorrer aos prêmios de R$ 2 mil, além do sorteio de R$20 mil, no dia 28/11, para 395 municípios. Essa é uma forma de incentivar ao “corre, agenda e instala”. O sinal digital já está aberto e temos os dois funcionando, mas se a pessoa retira e instala, já vai ter uma imagem de cinema, um som bom, interatividade e comunicação em libras, com o serviço já disponível”, reforça.