Publicado em 13 de junho de 2018 às 19:15

Em rotina de trabalho no calçadão de Araçatuba, guardas civis municipais (GCM) da Bike Patrulha foram informados, nesta terça-feira (12), que um homem estaria agredindo uma criança na rua Carlos Gomes. Ao se dirigirem ao local, encontraram o acusado muito alterado, embora já contido por alguns populares.

Os guardas tentaram, sem sucesso, acalmá-lo, mas ele tentou agredi-los e foi preciso algemá-lo para condução ao plantão policial. O homem em questão é um ajudante de pedreiro de 36 anos, que teria tentado estrangular o filho, uma criança de 12 anos. Conforme registrado em boletim de ocorrência, uma funcionária da Arapark que tentou ajudar a criança, a ex-companheira do acusado e o pai dela também foram agredidos verbalmente e/ou fisicamente.

Segundo informaram os guardas que participaram da ação, ao ser algemado, o homem ameaçou matar a família. Encaminhado ao plantão policial, o ajudante negou as acusações, porém, como foi preso em flagrante, não obteve direito a fiança e responderá pelos crimes de lesão corporal, ameaça e violência doméstica.

O secretário municipal de Segurança, Antônio Erivaldo Gomes Assêncio, afirma que as ações dos profissionais mostraram que a Bike Patrulha está efetiva, cada vez mais próxima à população e tem conseguido dar respostas rápidas.