Publicado em 17 de fevereiro de 2022 às 10:59

O Banco de Leite Humano (BLH) de Araçatuba está precisando de doações de leite materno.

A coordenadora do Banco de Leite, Jesiela Passarini, afirma que há uma queda semanal de 40% a 50% nas doações de leite.

Para fazer a doação, a mamãe precisa estar produzindo volume de leite superior às necessidades de seu filho, ou seja, é coletado para doação apenas o excedente.

A doadora não precisa nem sair de casa. Basta entrar em contato pelo telefone (18) 3636-1175 ou (18) 99718-1654, assim, uma equipe do Banco de Leite vai até a residência, faz a entrevista com a puérpera, leva os frascos esterilizados e a bombinha para facilitar a extração do leite.

A mamãe doadora também recebe orientações de como fazer a extração do leite e como armazená-lo em sua própria residência. Uma vez na semana a equipe do BLH passa na casa da doadora para pegar os frascos cheios e deixar mais frascos vazios.

IMPORTÂNCIA
“Todo leite que é captado passa por um rigoroso processo de pasteurização e exames. Depois, o leite é encaminhado para as UTIs neonatais da cidade, como a Santa Casa, e outros hospitais”, afirma a coordenadora do BLH, Jesiela Passarini.

A Santa Casa de Misericórdia de Araçatuba é referência regional para 40 municípios. “Com essa queda de 40% a 50% nas doações, o fornecimento de leite materno já está comprometido. Precisamos atender o bebê prematuro, precisamos sensibilizar as mães que têm leite excedente a fazerem a doação. Leite materno salva vidas!”, finaliza Jesiela.