Publicado em 12 de abril de 2017 às 15:49

A Prefeitura de Araçatuba promoveu, neste domingo (9), a plenária do Orçamento Participativo Popular (OPP) na escola municipal Professora Selma Maria Trevelin de Jesus, no bairro Engenheiro Taveira. A plenária teve participação da comunidade do local e dos assentamentos Chico Mendes e Araçá, que ficam nas proximidades.

Durante essas audiências públicas, as sugestões dos munícipes são anexadas à elaboração do Plano Plurianual, que é um planejamento feito a cada quatro anos, para nortear os orçamentos e investimentos anuais.

Muitos moradores reivindicaram a legalização dos documentos dos terrenos, já que a região carece de regularização fundiária. O secretário de Planejamento Urbano e Habitação, Tadeu Consoni, aproveitou a oportunidade e afirmou que várias unidades habitacionais do município já passam pelo processo de regularização fundiária e que a população de Engenheiro Taveira será informada quando as regularizações chegarem ao bairro.

Foram cobradas melhorias na segurança do bairro, como o maior envolvimento da Guarda Municipal no combate à violência. A comunidade solicitou ainda melhorias na Unidade Básica de Saúde do bairro, já que de acordo com eles, um único médico presta atendimento.

O prefeito Dilador Borges reafirmou seu compromisso de ouvir de perto as demandas da população e manter a transparência na prestação de contas durante as audiências públicas. “Estou empenhado na obrigação de liderar as necessidades do município. E é para isso que o governo atua”, disse ele.  A próxima reunião do Orçamento Participativo Popular ocorre no dia 7 de maio, no bairro Água Limpa.