Publicado em 03 de setembro de 2018 às 15:05

O Aterro municipal de Araçatuba foi avaliado esta semana com 9,8 pontos, a maior nota de sua história no IQR – Índice de Qualidade do Resíduo de Aterros Sanitários.

A avaliação foi conferida por analistas ambientais do Governo do Estado de São Paulo e Cetesb – Companhia Ambiental do Estado de São Paulo – que realizam, periodicamente, fiscalizações em caráter de surpresa no local.

Segundo Petrônio Pereira Lima, secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (SMMAS), essa ultima avaliação, que está acima da nota média dos outros aterros sanitários do estado (entre 7,5 e 8,5), credencia, mais uma vez, positivamente a operação deste aterro, fato que contribui com a continuidade da operação no mesmo local.

“Vários itens levantados pela inspeção foram pontuados com a nota máxima, como: Portaria, balança, vigilância; isolamento físico e visual; compactação e recobrimento dos resíduos; sistemas de drenagem horizontal (chorume) e vertical (gases) em pleno funcionamento; análise periódica e conclusão positiva dos instrumentos que mensuram a estabilidade dos maciços e a pressão do mesmo sobre o solo (piezômetros) e a salubridade das águas subterrâneas e do lençol freático (poços de monitoramento); bem como a eficiente condução e tratamento do resíduo percolado (chorume); etc”, elenca o secretário.

Com isso, é observado pelos órgãos competentes que a operação do aterro sanitário está ocorrendo rigorosamente em pleno atendimento às diretrizes ambientais do governo estadual.