Publicado em 06 de setembro de 2017 às 17:45
A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) de Araçatuba informa que, a partir das 19h do dia 7 de setembro até o dia 6 de outubro, as atividades de parto e internações do Hospital Municipal da Mulher (HMM) estarão suspensas. Serão mantidos apenas os serviços de mamografia e do Banco de Leite Humano, além de serviços internos como esterilização de instrumentais.
A medida foi anunciada nesta quarta-feira (6), pela secretária Carmem Sílvia Guariente. De acordo com ela, este processo ocorre devido ao vencimento do contrato de gestão da atual Organização Social (OS), a Associação das Senhoras Cristãs Benedita Fernandes. A administração municipal está em fase de conclusão do chamamento público para contratação de outra OS, que gerenciará os serviços do HMM a partir de 6 de outubro.
Durante este período, os atendimentos de parto e de urgência para gestantes serão realizados na Santa Casa de Misericórdia. Para tanto, as gestantes devem procurar o Pronto Socorro da Santa Casa e levar a carteira de acompanhamento do pré-natal (carteira de gestante).
AMPLIAÇÃO DOS SERVIÇOS
Carmem afirma que, além da contratação da nova OS, haverá ampliação dos serviços oferecidos no HMM. Entre os novos atendimentos pactuados com a entidade gerenciadora, estão o serviço laboratorial, como coleta de sangue, e realização de ultrassonografias para atender as demandas do HMM e toda a rede de saúde municipal.
Será triplicado o número de cirurgias seletivas, como por exemplo a de vasectomia, que, de acordo com Carmem, é uma demanda grande no município. Além desses novos serviços, o HMM passará por adequações no prédio, o que possibilitará a expedição do AVCB (Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros). Os envelopes para divulgação da nova OS serão abertos no dia 18 de setembro.