Publicado em 14 de novembro de 2017 às 10:47

Desde o início do ano, a Prefeitura de Araçatuba, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) reduziu em 19,41% o valor dos aluguéis de imóveis utilizados como sede de equipamentos competentes à pasta.

A secretaria mudou, a custo menor, os endereços do Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas), do Centro POP e de dois acolhimentos voltados a crianças e adolescentes. Além disso, foram reduzidos consideravelmente os valores de aluguéis do Centro de Referência da Mulher (CRM), do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) Umuarama, dos dois pontos de apoio do mesmo território e do ponto de apoio do território Rosele.

Segundo a secretária da SMAS, Maria Cristina Domingues, a economia possibilitou agregar à pasta serviços que contemplam o acolhimento e a distribuição de marmitas a pessoas moradoras de rua. “Em 12 meses, esses 19,41% resultarão em uma economia de quase R$100.000,00. Entretanto, nossa meta é chegar aos 45% de economicidade”, afirmou.

Ainda segundo a secretária, o aluguel do espaço direcionado aos serviços do Bolsa Família deverá ser extinto após a reformulação do programa, pois o trabalho do mesmo será realizado pelo CRAS. “Um ponto importante nessa economia é a possibilidade de agregar novos serviços à pasta e investir na qualidade daqueles que já são oferecidos”, completou.