Publicado em 29 de agosto de 2017 às 11:39
Representantes de onze entidades parceiras à Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) receberam nesta segunda-feira (29) um treinamento para utilização e gerenciamento de dados do sistema SGTS, que é uma plataforma eletrônica utilizada pela SMAS para prestação de contas, realizada trimestralmente.                                                                                                                                                                 
A  capacitação é oferecida pelo grupo Assessor Público, empresa que gerencia sistema utilizado pelas entidades e pela SMAS para cadastro e controle de pessoas referenciadas.
A secretária de Assistência Social e Participação Cidadã, Maria Cristina Domingues, explica que a plataforma foi atualizada, e a capacitação foi promovida para evitar desencontros nos registros de informações. “A secretaria vem trabalhando de acordo com as exigências do Tribunal de Contas, que preconiza que as informações devem estar disponíveis online”.
 
ENTIDADES E SEUS PROJETOS
– Apae – Lar Shalon I  e Lar Shalon II, residência inclusiva masculina e feminina respectivamente (alta complexidade) , habilitação e reabilitação (média complexidade)
– Associação Beneficente Batista João Arlindo – Projeto Caminhar (básico) Atendimento a crianças e adolescentes 6 a 15 anos.
 Acrepom – Acolhimento (alta complexidade) e Ações Complementares (média complexidade)
– Casa Bom Samaritano de Araçatuba (Manolo Garcia) – Serviço de Acolhimento Institucional para pessoas em situação de rua (alta complexidade)
– Lar Espírita Caminho de Nazaré – Crianças e adolescentes de 6 a 15 anos 
– Asilo São Vicente de Paulo – Atendimento aos Idosos (alta complexidade)
– Lar da Velhice e Assistência Social  – Atendimento aos idosos (alta complexidade)
– União Espírita Paz e Caridade – Atendimento aos idosos (alta complexidade)
– Instituto para Cegos Santa Luzia – Habilitação e reabilitação para cegos (média complexidade)
– Comunidade Luso Brasileira de Araçatuba – Atendimento aos idosos (alta complexidade)
– Arca – crianças e adolescentes (básica)