Publicado em 19 de setembro de 2018 às 17:47

Psicólogos, assistentes sociais e coordenadores da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS) de Araçatuba receberam, nesta quarta-feira (19), uma formação coletiva dentro dos temas das campanhas Setembro Amarelo e Setembro Verde, que tratam sobre prevenção ao suicídio e inclusão de pessoas com deficiência, respectivamente.

O evento ocorreu na UNA (Universidade Aberta da Melhor Idade), departamento do UniSalesiano localizado à rua Joaquim Nabuco, 155, centro. A professora de psicologia do UniSalesiano, Joice Cozza, abordou o tema suicídio com os colaboradores. Em seguida, Mara Lucia de Jesus dos Santos, assistente social do Creas (Centro de Referência Especializado de Assistência Social), palestrou a respeito da inclusão das pessoas com deficiência e maneiras de abordagem durante o atendimento a esse público.

A iniciativa busca preparar os funcionários diante de atendimentos e situações delicadas relacionadas ao suicídio, bem como ao atendimento de pessoas com deficiência. De acordo com o diretor do Departamento de Proteção Social Básica da SMAS, Éderson Ribeiro Costa, muitos servidores fazem cobranças pessoais diante de seus atendimentos, questionando se suas condutas profissionais atingiram o objetivo esperado por eles.

“É com essa formação que queremos auxiliá-los. Todos os dias, funcionários da SMAS atendem pessoas com deficiência e também pessoas que pensam em cometer suicídio. São temas complexos que, por mais que o servidor tenha a formação acadêmica e acompanhamento do caso, muitas vezes não há a preparação que ajuda a compreender as limitações dessas pessoas”, explica Éderson.