Publicado em 11 de novembro de 2019 às 11:56

Em alusão ao dia 20 de novembro, dia Nacional Consciência Negra, a Secretaria Municipal De Participação Cidadã (SMPC) de Araçatuba preparou várias atividades para a Semana Municipal da Consciência Negra, que acontece de 18 a 20 de novembro.

De acordo com a organização do evento, feita pela Coordenadoria de Promoção da Igualdade Racial, o objetivo do dia da consciência negra é fazer uma reflexão sobre a importância do povo e da cultura africana no Brasil. “Também serve para analisarmos o impacto que tiveram no desenvolvimento da identidade cultural brasileira. A música, a política, a religião e a gastronomia foram influenciadas pela cultura negra”, explica a coordenadora de Promoção da Igualdade Racial, Regina Célia da Trindade.

PROGRAMAÇÃO

No dia 18, às 8h30, haverá uma oficina de construção de máscaras africanas com os atendidos do CAPS i (Centro de Atenção Psicossocial Infantil) com objetivo de retratar as tradições africanas através do reconhecimento, da justiça e igualdade de direitos a população negra e afrodescendente, seja através da dança, da música ou da arte, bem como igualdade de oportunidades, conscientização, participação e inclusão do negro a fim de erradicar o preconceito.

A oficina será ministrada pelo artista plástico Onédio Garcia, juntamente com a Coordenadora de Promoção da Igualdade Racial, Regina Célia da Trindade, a convite do coordenador técnico do CAPSi, Carlos Alberto Selis e sua equipe multidisciplinar.

No dia 20 de novembro, haverá o 2º Negritude Araçatuba, evento que acontecerá na praça Rui Barbosa, das 15h às 22h. No local, haverá oficinas de amarração de turbantes, oficinas de máscaras infantis, oficina de confecção de bonecas abayomi, corte de cabelo, ensaio do maracatu, apresentação musical e de capoeira, entre outras atividades.

A Feira Preta Araçatuba também é uma das atrações deste dia. O Brechó Estilo Original estará na praça Rui Barbosa com roupas e acessórios a partir das 16h.

Em Araçatuba, o dia 20 de novembro é feriado, de acordo com a Lei nº 7.312 de 9 de novembro de 2010.